Painel com Fernando Spadari e José Cesar Martins: Investimentos em um cenário de inovação tecnológica


Fernando Spadari e José Cesar MartinsO fundador da empresa GoDigital e mais recentemente da Paradoxa, José Cesar Martins, junto com Fernando Spadari, criador da Guapo Capital Group, estiveram juntos no painel “Investimentos em um  cenário de inovação tecnológica”, no último dia da Feira do Empreendedor, em Porto Alegre.

Para César, empreendedorismo é um tema relativamente novo, mas gasto, ao mesmo tempo, porque é um termo que, apesar de ter virado moda pelas inúmeras possibilidades de projetos inovadores, não é bem utilizado.

Existem muitas lacunas na nova geração de empreendedores apontadas por Cesar que travam o desenvolvimento de novos profissionais. Entre elas, está a cópia de ações empreendedoras do passado. O cenário econômico das gerações anteriores já não é o mesmo de hoje. Característica essa visível: apesar de a internet estar a favor de ideias inovadoras, existe uma relutância em o investidor abusar da criatividade.

“Hoje há uma enorme democratização do acesso a internet. Então, a geração de hoje está privilegiada quanto às possibilidades de criação de ideias inovadoras”.

Cesar, contudo, salienta que primeiro você precisa ser um instigador. O seu desejo é se diferenciar ou se contentar em ser mais um no meio da multidão? O novo investidor tem todas as ferramentas disponíveis para começar um projeto que se destaque no mundo conectado e que, ao mesmo tempo, atinja as pessoas de maneira positiva. Ele ainda afirma que a pessoa nasce empreendedora. Quem não possui o perfil, jamais conseguirá fazer um bom negócio. Muitos empreendedores não decolam na carreira por não estarem vivenciando as experiências de carreira que gostariam.

Neste ponto também fica a questão: você tem a paixão necessária para colocar a sua ideia no papel?

“Tem boa ideia, tem convicção e a ideia já foi testada? Encontre conexões para ela ir para frente”.

O empreendedor é 50% mais importante que a ideia. Como você se organiza para chegar ao seu objetivo é o mais importante. Uma ideia com futuro de nada vale se a pessoa não estiver motivada o suficiente para apostar que a coisa toda vai dar certo.

Fernando afirmou que vê todo dia o anseio do empreendedor em colocar seu negócio no ar ou em deixar de ser assalariado e ganhar seu próprio dinheiro, o que mostra que hoje é “cool” ser empreendedor. Contudo, concorda com Cesar ao dizer que o sucesso é um negócio que depende mais da paixão do empreendedor.

“Por que tantas boas ideias não decolam? Eu percebo muito um otimismo nas pessoas, achando que sua ideia é aquela que vale um milhão de dólares. Mas a gente precisa ter o advogado do diabo junto e mensurar. Como a coisa pode dar certo? Tudo que a gente está dizendo parece obvio, mas é muito difícil de executar. Trazer o óbvio empresarialmente não é fácil”.

É mais importante concentrar esforços no seu nicho e em quem está perto, do que esforçar-se para abocanhar todo o mercado. Se poucos clientes receberem um serviço de excelência, já será o suficiente para o seu negócio decolar.

“Uma boa ideia sem dinheiro dá certo. Uma ideia ruim com dinheiro, não. Por sinal, a dificuldade nos amadurece. Se prepare para enfrentar os competidores, o mercado, o governo”.

 

Comentários

comentário(s)

+ There are no comments

Add yours