#DistanteMasJuntos libera Criador de Sites Grátis como auxílio aos empreendedores


Movimento #DistantesMasJuntos libera Criador de Sites de forma grátis, por período limitado, para que comerciantes possam digitalizar seu negócio e aumentar as vendas.

A pandemia do novo coronavírus (Covid-19) mudou o comportamento do consumidor. Desde o início da quarentena, a compra por produtos na internet aumentou mais de 40%.

Nesse contexto lançamos o movimento #DistantesMasJuntos, com foco em oferecer dicas, conteúdos e ferramentas para auxiliar na adaptação ao trabalho remoto. Agora, dando continuidade a campanha, liberamos a ferramenta Criador de Sites, que possibilita que um site seja criado do zero, de forma simples, descomplicada e gratuitamente pelo período de 60 dias, produto liberado exclusivamente para esse período de pandemia para auxiliar os empreendedores que mais precisam.

Criador de sites grátis: como funciona a ferramenta

A ferramenta, que está disponível para ativação até final de junho por 30 dias gratuitamente, é um modelo de faça você mesmo que dispõe de tudo para criar um site para quem não tem nenhum conhecimento técnico avançado. A partir de modelos profissionais prontos, o usuário terá acesso a dezenas de opções que atendem a diversas categorias de negócios, além de personalizar sua marca e divulgar nas redes sociais. A ferramenta também possibilita que todos os modelos sejam adaptados para celulares, tablets e desktop.

“Nos preocupamos com todos os nossos clientes, principalmente neste momento que estamos vivendo em que o digital é o meio de sobrevivência para muitas MPMEs. O criador de sites é uma forma de ajudar na divulgação todos pequenos negócios que precisam vender e que podem estar sofrendo com a crise da pandemia. É importante que todos acreditem que há oportunidades para crescer e aprender com tudo o que está acontecendo”, conta Juliano Primavesi, CEO da KingHost.

Desde o início do movimento #DistantesMasJuntos, a KingHost preparou diversos serviços e ferramentas para ajudar seus colaboradores e clientes a passar pela crise da pandemia.

Além de alguns treinamentos online e sessões de psicoterapia e coaching para os times da companhia, a empresa ainda liberou serviços gratuitos para os pequenos e microempreendedores, como o SEO Certo, a ferramenta que avalia a popularidade, estatísticas sociais e analisa o site para ter mais destaque online; divulgação de empresas gratuitamente para possibilitar que os pequenos e microempreendedores possam compartilhar seus negócios e manter o empreendimento durante a crise e também criou uma planilha com conteúdo atualizado sobre os recursos financeiros que estão sendo disponibilizados no mercado pelo governo, assim o empreendedor consulta em um único lugar as informações e benefícios oferecidos.

Segundo um levantamento feito pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às micro e pequenas empresas), ao menos 600 mil micro e pequenas empresas, de serviços não essenciais, fecharam desde o início da pandemia. A partir do começo do isolamento, a receita do e-commerce cresceu 42%, considerando o período de 17 de março a 14 de abril na comparação no mesmo período de 2019. Esses são dados que reforçam a importância da presença do comerciante no digital e o quanto o Criador de Sites pode ajudar os empreendedores a migrarem para esse serviço.

“Essa é uma das principais ferramentas já que é uma forma que nós podemos contribuir com os empreendedores que precisam do serviço online para dar continuidade no seu trabalho”, conclui Primavesi.

A ferramenta estará disponível para ativação até o final de junho e, a partir do momento que a pessoa der início, terá acesso gratuitamente por 60 dias.

banner roxo com mensagem: crie um site profissional gratuitamente. botão de teste grátis e foto de uma mulher de óculos concentrada mexendo em um computador. ao lado, logo da kinghost. banner no post sobre criador de site grátis

Ivan Guevara

Analista de Conteúdo em KingHost
Jornalista por formação, especialista em Marketing pela FGV. Movido por música, good vibes e baterias carregadas.
Ivan Guevara

Comentários

comentário(s)

Categories