Inteligência emocional: o que é e como praticar?


Quer saber o que é Inteligência Emocional e como começar a praticar? Neste post te mostramos como você pode começar com 8 passos bastante simples.

A inteligência emocional fala, acima de tudo, sobre resiliência. Como conseguimos manter um equilíbrio emocional para lidarmos com as situações diárias, de uma forma mais leve ou em como não deixamos nossos sentimentos afetar no meio profissional.

Falando assim parece bem difícil né? E de certa forma é, não vou mentir, mas nada que tentar praticar um pouco a cada dia não resolva rapidinho.

8 dicas para praticar a inteligência emocional

1. Analise seu comportamento

Analise seu próprio comportamento, pensa em quais situação mais te incomodam e nas que menos incomodam, no âmbito profissional. Perceba o que cada uma desencadeou seja físico ou mental. Isso proporciona uma mudança quando há a percepção de que os resultados foram negativos.

2. Domine seus sentimentos

Domine seus sentimentos, não deixe eles te dominarem, quem manda é você! Agir por impulsividade é comum do ser humano, mas não é um bom aliado.

3. Trabalhe suas emoções negativas

Trabalhe suas emoções negativas, você precisa dominar elas e virar à seu favor. Não podemos deixar que elas nos controlem. Nesse ponto, se houver dificuldades, a intervenção de um bom profissional da Psicologia pode ajudar.

4. Não tenha medo de se expressar

Não tenha medo de se expressar, mas sempre pare, pense e analise o que vai dizer. Assim como ocorre de nós interpretamos mal alguém, pode acontecer ao contrário e o melhor para isso não acontecer é falando, expressando.

5. Desenvolva a empatia

Desenvolva a empatia, ninguém pensa e age como você, somos todos diferentes, tente entender o lado do outro e saiba ouvi-lo. Segundo Goleman, o conhecimento de si mesmo alimenta a empatia. Isso porque, quanto mais conscientes somos acerca de nossos próprios sentimentos, mais conseguimos entender a emoção alheia.

6. Pratique resiliência

Pratique resiliência, situações difíceis podem surgir na vida de qualquer um. Ser resiliente envolve administrar os sentimentos mesmo quando o controle das situações está fora do seu alcance.

7. Responda em vez de reagir

Responda em vez de reagir, sempre procure falar o que lhe incomoda, ou qualquer outra coisa, formule uma resposta, se expresse em palavras em vez de ações, assim fica mais fácil de você ser compreendido.

8. Estabeleça limites

Tenha limites e conheça eles, todos nós temos momento difíceis, fraquezas, não tenha vergonha disso, assuma qual seu limite, até onde pode ir com tal coisa, até onde não afeta sua saúde tanto física como mental.

Inteligência emocional é um processo de aprendizado contínuo. Siga estes passos e vá se descobrindo, trabalhando dia a dia e celebrando os avanços.

Sophia Lopes

Estudante de administração. Mãe de pet da Gaia Maria, designer gráfica amadora nas horas vagas e trabalha no setor de cobrança da Kinghost.
Sophia Lopes

Últimos posts por Sophia Lopes (exibir todos)

Comentários

comentário(s)