• Mostrando resultados da busca por {{ posts_busca["corrected"] }} {{termo_busca}}
  • {{post.title}}
  • Não foram encontrados resultados para {{ posts_busca["corrected"] }} {{termo_busca}}

Como fazer a instalação do GLPI

Bruna Bergamaschi Dornelles - Analista de Operações de Hosting N1 na KingHost

Está com dificuldades para instalar o GLPI? Vamos te mostrar neste artigo o passo a passo para você fazer a instalação manual do GLPI.

GLPI é um sistema de código aberto para Gerenciamento de Ativos de TI, rastreamento de problemas e central de serviços. Este software é escrito em PHP e distribuído sob a GNU – General Public License.
Neste artigo vamos mostrar os detalhes para que você possa fazer a instalação deste CMS.

Site Oficial: https://glpi-project.org/pt-br/

Requisitos de sistema

Antes de tudo, verifique se o seu domínio possui os requisitos de sistema:

  • Servidor Apache (Linux)
  • PHP 7.2 ou superior
  • MySQL 5.6 ou superior
Download do GLPI: https://glpi-project.org/pt-br/downloads/

Como instalar o GLPI

Primeiramente, para instalar o GLPI manualmente, precisamos baixar o CMS.
Para isso, acesse https://glpi-project.org/pt-br/downloads/ e, em última versão estável do GLPI, clique em BAIXAR.

Depois de baixá-lo, descompacte a pasta baixada. Você deve enviar todo o conteúdo baixado para o FTP do seu site, no diretório de sua preferência.

Em seu Painel de Controle KingHost, vá em Gerenciar Bancos MySQL, e crie um novo banco de dados.

Veja também os artigos:
Como criar um banco de dados
Como acessar o FTP do meu site por SSH
Compactar e descompactar arquivos via terminal SSH
Comandos úteis para SSH

Com a base já criada, o próximo passo é acessar o site no navegador.

Neste exemplo, enviamos os arquivos para a pasta “helpdesk” (/www/helpdesk).
Portanto, acessamos http://seusite.com.br/helpdesk (lembre de substituir pelo endereço do seu site).
Neste momento, você acessará uma tela como esta a seguir.
Selecione o idioma e clique em OK.

Setup inicial de instalação do GLPI.

Posteriormente, você deverá selecionar “Eu li e ACEITO os termos de licença acima.” e clicar em Continuar.

Termos de licença de instalação.

Agora basta clicar em Instalar.

Início da instalação.

Na tela seguinte, será exibido a compatibilidade do servidor com a execução do GLPI.
Basta clicar em Continuar.

Verificando compatibilidade do servidor.
É importante ressaltar que as seguintes extensões listadas abaixo não possuem suporte no ambiente de hospedagem compartilhada e não são de uso obrigatório no CMS.
Para maiores informações, acesse:
https://glpi-install.readthedocs.io/pt/latest/prerequisites.html

LDAP – Fornece suporte para um tipo especifico de autenticação (http://php.net/manual/pt_BR/book.ldap.php);
APCU – É um tipo de cache que já é configurado no servidor (https://www.php.net/manual/pt_BR/book.apcu.php).
CAS – Também é usado para autenticação.

Agora configure a conexão do GLPI com o banco de dados, que você criou anteriormente:

Configuração para conexão com o banco de dados.
SQL Server (MariaDB ou Mysql): mysql.seusite.kinghost.net (substitua pelo endereço do seu site)
Usuário SQL: Nome do seu banco de dados
Senha SQL: Senha do banco de dados

E clique em Continuar.

Na próxima tela, selecione o nome do banco de dados informado na tela anterior, e clique em Continuar.

Configuração para conexão com o banco de dados.

Se tudo ocorrer bem, a conexão será efetuada e você poderá prosseguir. Clique em Continuar.

Conexão efetuada no banco de dados.

Nesta tela, o envio de estatísticas de uso é opcional.
Por fim, clique em Continuar.

Coletar dados de estatísticas de uso.

Na tela seguinte basta clicar em Continuar.

Concluir setup de instalação.

E enfim, chegamos ao final da instalação. Observe que nesta tela será informado para você os dados de acesso ao sistema.
E pronto, o GLPI está instalado.

Instalação concluída.

Para finalizar, clique em Usar GLPI e comece a configurar o sistema.


Clique aqui para enviar o conteúdo desta página por e-mail
Se você ainda estiver com dúvidas ou precisando de ajuda, contate-nos via telefone ou chat e converse com o nosso suporte. Se possível, tenha em mãos o seu código de cliente e a sua senha de atendimento para ser atendido com mais agilidade.
35 visualizações

Esse artigo foi útil pra você?