Para começar, crie as páginas de erros personalizadas e faça o upload para o FTP do seu site.
O nome e extensão destes arquivos é irrelevante desde que existam dentro de algum diretório do FTP.
No exemplo abaixo, definimos que as páginas personalizadas estão dentro de um diretório chamado erros.

Para este procedimento é necessário acessar o FTP do seu site.

Preparamos um artigo que pode te ajudar com isso! Acesse: Como acessar o FTP via Filezilla.
Não sabe quais são seus dados de acesso ao FTP? Veja: Como verificar os dados de acesso ao FTP.

Definindo as páginas de erros personalizadas

Basta inserir o seguinte código dentro do arquivo .htaccess referenciando o caminho correto dos arquivos e os relacionando com o número/status de erro.

  • Seu feedback é muito importante. O conteúdo do artigo foi útil?
  •  Sim    Não