• Mostrando resultados da busca por {{ posts_busca["corrected"] }} {{termo_busca}}
  • {{post.title}}
  • Não foram encontrados resultados para {{ posts_busca["corrected"] }} {{termo_busca}}

Execução de arquivos PHP na plataforma Windows

Lucas Souza - Especialista de Atendimento na KingHost

Você sabia que em Windows, para rodar PHP, é preciso fazer alguns ajustes? Veja nesse artigo como fazer a execução de arquivos PHP na plataforma Windows.

Como funciona o ambiente Windows

Os planos de hospedagem na plataforma Windows são perfeitos para quem desenvolve sites ou aplicações em ASP.Net, ASP Clássico ou PHP. No entanto, precisamos nos atentar sobre algumas peculiaridades. Entre elas, a execução de arquivos PHP neste ambiente.

Primeiramente, é necessário referenciar o manipulador que irá carregar o módulo FastCGI do PHP, através do arquivo web.config em seu FTP.

O Web.config é um arquivo que configura o comportamento de aplicações ASP.NET. Cada aplicativo Web criado pode ter o seu próprio arquivo Web.Config, e as informações deste arquivo valem para o diretório corrente e seus subdiretórios. É o primeiro arquivo lido pelo IIS para que sejam verificadas as configurações da aplicação e ela possa ser executada.
Se houver erros na configuração, a aplicação não será iniciada pelo servidor.

Assim, se não houver a referência no web.config, os arquivos .php poderão gerar erro 404 em seus acessos.

Como fazer a execução de arquivos PHP na plataforma Windows

Acesse seu FTP e edite o arquivo web.config, que consta na pasta de sua aplicação. Abaixo, temos um exemplo da estrutura básica desse arquivo:

Antes de tudo, precisamos saber o caminho do executável do CGI, certo?
O Default é: C:\phpX.X\php-cgi.exe
É necessário preencher a versão do PHP no script, de acordo com a Release configurada em seu painel de controle. Esta informação consta no ícone CONFIGURAÇÃO PHP, no gerenciamento principal.

Insira a seguinte regra em seu web.config:

No domínio de exemplo, está configurada a versão 5.4 do PHP. Em seu script, basta ajustar para a versão do PHP de seu domínio.
Por fim, salve o arquivo, realize o Upload para seu FTP e teste o funcionamento.
Se estiver tudo certo, como resultado, o PHP será executado corretamente:

Se tiver qualquer dúvida, entre em contato e converse com nosso suporte. Tenha em mãos seu código de cliente e a senha de atendimento para ser atendido com mais agilidade.

Esse artigo foi útil pra você?