InterCon WP – Tudo sobre WordPress – parte 1


marcaintercon

 

Estivemos presentes no InterCon, que ocorreu dia 31 de maio, em São Paulo, e estamos trazendo para o nosso blog o resumo das palestras e pontos mais importantes levantados durante o evento na visão de Paulo Henrique dos Santos e Alessandro Huber dos Santos que representaram nossa equipe no InterCon WP. Dividimos este conteúdo em duas partes. A primeira, traz o resumo de 4 palestras realizadas!

Palestra: Contínuos Delivery (linha de produção contínua de software) com TDD, versionamento, geração de pacotes e deploy em produção

Fabricio Leotti falou sobre a importância do Blue-Green Deployment, onde existe mais de um ambiente com características iguais à produção para desenvolvimento da aplicação. Quando a nova aplicação estiver 100% funcional, basta apontar o load balancer para o servidor onde ela estava sendo desenvolvida, tornando o servidor anterior o novo ambiente para desenvolvimento. Leotti afirma que todos na empresa são responsáveis pelo deploy de uma aplicação, desde os DevOps até a diretoria, e não apenas uma equipe. Além disto, ressaltou a importância de entender o estágio atual da empresa para melhoria contínua.

Palestra: WordPress como REST API JSON
Accácio Franklim falou sobre o principal benefício do REST API JSON, que é a facilidade de transformação do WP em aplicação independente da plataforma, sendo adaptada e com funções específicas para cada uma. Franklin também ressaltou a segurança proporcionada pelo plugin e a centralização e distribuição homogênia.

Palestra: Reconhecimento de framework aberto brasileiro – Root WordPress
Guilherme Mazetto abordou a importância do Open Source como uma potente ferramenta para suprir necessidades básicas de desenvolvimento comum de forma bastante prática. Ele participa do desenvolvimento do Framework Root WordPress e aproveitou para convidar os participantes do evento para colaborar no projeto. Quer participar? Acessa o site http://br.rootwp.com

Palestra: Desenvolvendo Plugins WordPress com as melhores práticas – ênfase em segurança

Erick Tedeschi  desenvolveu o plugin User Security Tools após verificar que instalações WP eram, em sua maioria, invadidos devido a plugins de terceiros e ausência de uma política de senhas seguras. O palestrante ressalta a importância de lembrar das origens do WP (PHP) na criação de plugins, pois muitos desenvolvedores WordPress desconhecem detalhes da linguagem.

Tedeschi propôs uma estrutura mais organizada para desenvolvimento de plugins, tendo como base o uso de ferramentas como WP-CLI, Composer (gerência de dependências PHP) e PHPUnit (testes), além de aplicar as melhores práticas de desenvolvimento PHP (PHP: The Right Way). Estas características torna plugins maiores mais fáceis de compreender, testar e adicionar novas funcionalidades, diferentemente do modelo básico disponibilizado pelo WP Codex (útil apenas para plugins realmente pequenos).

Erick salientou a importância de ativar o modo debug do WP e o plugin BlackBox Debug Bar durante a fase de desenvolvimento, para garantir que seu plugin está realizando a ação proposta, e de validar todos os dados de entrada e saída. Quanto a este ponto, lembrou que os dados devem ser validados pelo o que eles, de fato, representam, e não para evitar determinada vulnerabilidade. Consultas de banco de dados devem ser passadas através da função wpdb->prepare() oferecida pelo core do WP, economizando processamento do ambiente.

Na próxima postagem, vamos trazer todos os detalhes sobre outras palestras realizadas durante a InterCon WP!

Lívia Lampert

Comentários

comentário(s)

Categories

+ There are no comments

Add yours