Como escolher um template para WordPress


O WordPress é o CMS mais popular do mercado, com uma fatia de market share superior a 58% entre os CMS’s utilizados. O desenvolvimento de templates para a plataforma também segue esse ritmo acelerado. São diversos templates disponíveis para diversos gostos e necessidades. O problema é que nem sempre essas opções são desenvolvidas com o devido cuidado.

Um template pode ser feito de modo prejudicial, trazendo problemas para quem o utiliza. Alguns exemplos de dificuldades incluem impossibilidade de atualização a partir do tema, problemas de compatibilidade para mudar para outro template, potenciais vulnerabilidades de segurança e dificuldades para customizar o template. Vale também mencionar a baixa visibilidade aos motores de busca que alguns templates podem proporcionar.

Para garantir a escolha de um template WordPress bonito, funcional e seguro, preste a atenção nas seguintes características ao selecioná-lo:

Responsividade

Ao escolher um template, você precisa ter certeza de que ele é totalmente amigável aos dispositivos móveis. Hoje em dia, grande parte das buscas são realizadas a partir de smartphones ou tablets, por isso, o Google adotou essa característica (responsividade) como um dos critérios para o seu algoritmo de ranqueamento de buscas. Por mais que a documentação de um template afirme que o tema é responsivo, faça um teste junto às ferramentas de testes mobile e certifique-se sobre essa questão. A verificação garante que o seu site será visível aos resultados dos buscadores móveis e, principalmente, que ele proporcionará uma navegação agradável para os usuários que o acessarem utilizando uma tela pequena.

Child theme

O tema filho ou child theme é um recurso que permite a você adicionar, remover ou modificar estilos, funções, templates de páginas e outros, sem precisar alterar os arquivos core do tema escolhido. Com a segurança tornando-se mais e mais imprescindível, é muito importante utilizar um tema child para alterar quando o desenvolvedor anuncia updates para correção de bugs ou questões de segurança. Desse modo, você pode atualizar o tema central sem acarretar em perda de customizações no seu template.

Customização

Procure templates com opções de personalização facilitada. Existem diversos temas que proporcionam menus robustos de customização para templates e assim você fica mais livre para deixar o site com a sua cara.

Documentação

Muitos designers adicionam a documentação ao template, fornecendo um guia de implementação muito útil. Escolha um tema com documentação robusta ou até mesmo vídeos que fornecem passo-a-passo com dicas de implementação.

Otimização para as buscas

O HTML5 oferece elementos semânticos que ajudam os motores de busca a “entenderem” seu site: cabeçalho, main, nav, article, section, rodapé, etc. Estes elementos são excelentes para os motores de busca, porque eles identificam o conteúdo, dando uma ordem de importância para eles, assim por exemplo, um texto contido no rodapé não ganhará a mesma atenção do que se encontra em main ou article.

Também é importante garantir o uso das tags de cabeçalho (especialmente H1, H2 e H3) dentro do template. Você deve ter apenas uma única tag h1, e depois usar as tags H2 e H3 espalhadas de maneira logica e hierárquica em todo o conteúdo. Para identificar esse uso, você pode visualizar o código fonte da página usando o seu navegador e, em seguida, procurar os elementos.

Framework

Dependendo do template, os desenvolvedores podem construir um framework para expandir a capacidade dos temas que desenvolverão. Isso é muito legal, sendo que há temas com frameworks que incluem bibliotecas de short code, uma variedade de widgets, funções personalizadas, bibliotecas de scripts, e algumas outras capacidades.

Sempre bom lembrar

Busque sempre utilizar temas de fontes confiáveis, dê preferencia aos temas disponíveis no repositório oficial do WordPress, dessa forma fica mais fácil identificar o desenvolvedor responsável pelo tema, ao mesmo passo em que você conta com o apoio da comunidade WordPress para sanar possíveis dúvidas ou problemas que template escolhido possa apresentar. É sempre bom dar uma olhada nas avaliações e reviews dos desenvolvedores e do template em si! Um tema popular e com bons reviews é uma boa indicação para você ir em frente.

Leonéia Evangelista

é bacharel em Comunicação Digital pela Unisinos e mestre em Bibliotecas Digitais pelo programa Digital Library Learning (Erasmus Mundus). Trabalha com web há mais de 8 anos e atualmente cursa MBA em Marketing Estratégico.
Leonéia Evangelista

Comentários

comentário(s)