Begin typing your search above and press return to search. Press Esc to cancel.

Como é a Transição de Carreira na KingHost?


Poucas empresas exibem os números de aumento de quadro e turnover, ou seja, a rotatividade dentro da empresa, que a KingHost tem: nos últimos quatro anos o aumento de pessoal foi de 42% e o turnover caiu de 46,5%, medido até dezembro de 2014 para os 5,45% até maio de 2018. Sobre esses dados, vou contar um pouco sobre como funciona a transição de carreira na KingHost.

Esses resultados são garantidos dia a dia pelas diversas políticas praticadas pela empresa estruturadas em cima de construções colaborativas e parceria ganha-ganha.

GoKing: Programa de Desenvolvimento de Carreira

Como bom exemplo dessas iniciativas, há o programa de Desenvolvimento de Carreira, denominado internamente como GoKing, que se apoia na ideia do profissional como protagonista de sua trajetória e traz como uma das grande apostas a transição de carreira.

“O KingHoster, que será sempre o piloto de sua carreira, vai dizer onde quer chegar, independente de ser já na sua área de atuação e conhecimento ou fora dela. E o copiloto, que é sempre o gestor, vai ajudá-lo a viabilizar a chegada lá.

O objetivo, que chamamos de Ponto B, vai ter como escalada as metas pessoais e as metas de negócio, por isso falamos que todos ganham com o GoKing. Hoje temos muito orgulho em dizer que muitos colaboradores que chegaram lá foi por meio do programa, com transição de carreira ou ascendência dentro dos seus times”,

afirma a Gerente de Recursos Humanos da KingHost, Fernanda Pauletti Graeff.

Exemplos de Transição de Carreira na KingHost

No mês de janeiro deste ano, a colaboradora Laura Sonaglio atingiu sua meta de transição de carreira: saiu do setor de Relacionamento com Clientes, que estava desde setembro de 2016, para trilhar carreira no time de Marketing da KingHost. Ela, que desde o início de sua vida profissional, havia trabalhado com atendimento ao público, no comércio, almejava há alguns anos fazer essa transição:

– Eu fiz cursos de fotografia e de edição de vídeos muito antes de fazer o GoKing. Na verdade, eu já pensava em fazer o que faço hoje.

comenta Laura.

Já a KingHoster Luciana Rocha, desejava fazer sua transição de carreira para a área de Recursos Humanos.

– Eu decidi que queria RH logo que terminei o Curso Técnico de Administração, há 10 anos, porém, sem experiência não tive oportunidade.

Assim como a Laura, Luciana também veio do mercado com experiências no comércio e assistente administrativo. Em janeiro, ingressou na KingHost pelo Setor de Relacionamento com o Cliente e, após preparação profissional (ela concluiu a graduação em Administração), foi transferida por meio de processo seletivo interno para o setor que almejou desde seu início de carreira.

Essas são apenas algumas das várias histórias que a KingHost coleciona entre seus colaboradores.

Webinar Planejamento (ágil) de Carreira: você como seu maior e melhor projeto

Tudo que envolve o Planejamento de Carreira e Sucesso Profissional.
Preencha o formulário e receba o link no seu e-mail.



 

Curtiu o conteúdo acima? Ficou com alguma dúvida? Deixe nos comentários! Em breve volto para mais dicas sobre carreiras no Blog da KingHost!

Resumo
Como é a Transição de Carreira na KingHost?
Nome do Artigo
Como é a Transição de Carreira na KingHost?
Descrição
Entenda como funciona o processo de transição de carreira na KingHost; veja exemplos de profissionais que passaram por essas etapas.
Autor
Nome
KingHost
Logo
Charline Bicca

Charline Bicca

Analista de Comunicação Interna no RH em KingHost
Formada em Jornalismo com ênfase em Gestão pelo Ipa Metodista e pós graduanda em Gestão, Empreendedorismo e Marketing pela PUC-RS.
Charline Bicca

Últimos posts por Charline Bicca (exibir todos)

Comentários

comentário(s)