Como escrever mais: 5 dicas essenciais para bombar seu conteúdo


Tudo é conteúdo. Se formos tentar vender mais um produto, ganhar visibilidade, atingir potenciais clientes, criar uma nova campanha. Se pensarmos o contexto em que estamos vivendo em 2020, o conteúdo é sem sombra de dúvida uma das mais efetivas formas de trabalharmos o sucesso de um negócio. Claro que, no entanto, são vários os desafios que precisamos superar para produzir mais conteúdo, entender como escrever mais é um processo que nem sempre investimos tempo.

Hoje quero propor tirarmos um momento para refletirmos quais ações podemos começar a fazer em nossa rotina para que possamos saber como escrever mais, produzir mais conteúdo e trabalharmos em direção ao sucesso do seu respectivo negócio.

1 – Use post-its para escrever ideias

A escrita se aperfeiçoa com a prática. Claro que precisamos investir um pouco de tempo e energia. Um bom hábito é anotar os pensamentos e traduzi-los em palavras, seja num caderno de anotações ou numa parede cheia de post-its.

Com a quantidade de informações que recebemos diariamente, nem sempre é tão fácil lembrar de tudo que pensamos na hora de escrever sobre algum assunto. Por isso, as anotações podem ajudar bastante nesse momento.

Na prática: tenha post-its de cores diferentes, use uma parede vazia da sua sala ou quarto e comece a organizar suas ideias por ali. Não se preocupe com gramática, lógica ou coerência, esse é o momento de você por suas ideias no papel. Tudo vai fazer sentido no momento de escrever mais conteúdo. Depois me conta nos comentários como foi esse processo para você.

2 – Procure inspiração antes de começar

Cada processo criativo é único, não dá para copiar. Aqui, vai valer muito mais o quanto você se conhece. Eu, por exemplo, acabo sempre colocando uma playlist do Spotify que me estimula o relaxamento e a criatividade. Além disso, tenho um altarzinho com pedras, incensos, plantas, tudo aquilo que eu acredito que pode trazer maior relaxamento e conforto para liberar a criatividade.

Leia também: Playlist Spotify: conheça nossas preferidas para concentração

O ideal é descobrir as suas maiores fontes de inspirações e motivações para criar histórias. Usar elas como combustível para dar início ao processo criativo. Vale desde assistir a um filme que faça você rir ou chorar, conversar com amigos com os quais você confia ou até mesmo praticar um exercício aeróbico.

3 – Ignore qualquer autocrítica inicial

Aqui na KingHost não é raro eu receber textos de colegas para editar, revisar ou publicar no Blog. Quando é a primeira vez que a pessoa está escrevendo um blogpost, quase sempre escuto: “ah, mas eu não sei escrever bem”, “as ideias estão na minha cabeça, mas na hora de por no papel, não fica bom”, “acredito que não saiba escrever direito”.

Alguém se identifica?

Pois eu recomendo: esse é o momento de ignorar essa voz insistente que julga suas ideias antes mesmo de começar a desenvolvê-las. Baixe a cabeça, acredite na sua ideia e comece a escrever sem medo.

4 – Tenha consciência da sua produtividade

É super importante respeitar nosso processo criativo, porém precisamos entender a diferença de procrastinação para bloqueio criativo. É muito fácil nos distrairmos com outras coisas que acabam prejudicando nossa produção.

Uma boa dica é tirar de 30 a 40 minutos para escrever e desligar celular, redes sociais, televisão e criar um ambiente que favoreça a concentração e o foco. Alguns autores sugerem até mesmo o uso de um cronômetro para garantir que estamos produzindo no período. Caso realmente não esteja rolando concentração, pare, dê uma volta, foque em outras coisas para então retornar à escrita.

Normalmente é necessário monitorar nossa produtividade de escrita quando temos um prazo específico para entregar algum material ou mesmo uma urgência na divulgação de algum produto ou conteúdo. A prática irá levar você a conseguir ter uma melhor visão do tempo que você leva para redigir uma ou duas páginas.

5 – Cuidado na hora de usar adjetivos

Por mais que queiramos expressar o quanto um produto é bom, devemos evitar o uso excessivo de adjetivos para descrever. Sei que é o caminho mais fácil, mas é muito provável que o uso de adjetivos possa ser interpretado como uma forma não muito positiva e até mesmo exagerada, soando quase como falso, forçado.

Quando você descrever um serviço, por exemplo, destaque os benefícios que ele irá resolver para uma pessoa. Ou ainda, escreva quais soluções o produto ou serviço irá sanar.

Sempre é bom entender que as pessoas têm necessidades. Quando elas procuram por algum produto ou serviço, é para sanar essa necessidade específica. Ou seja, elas buscam por soluções. Seja a solução que elas precisam.

banner hospedagem wordpress para post sobre como escrever mais

Vale lembrar que essas dicas são para como escrever mais e otimizar sua produção de conteúdo. Se você quer mais dicas práticas sobre estruturas, orientações e tópicos para aprofundar seus conhecimentos na escrita, vou deixar alguns links abaixo de outros materiais que estão disponíveis aqui no nosso Blog da King.

Leia também:

Ivan Guevara

Analista de Conteúdo em KingHost
Jornalista por formação, especialista em Marketing pela FGV. Movido por música, good vibes e baterias carregadas.
Ivan Guevara

Comentários

comentário(s)

Categories