Tendências de marketing para 2021: 8 tendências para você ficar de olho


Confira uma lista com oito tendências de marketing digital que você deve ficar de olho em 2021.

Sem tempo? Ouça o conteúdo na integra 🎧

2020 está chegando ao seu final e 2021 já começa a aparecer no horizonte. E essa época do ano é ideal para planejar as ações e estratégias para o próximo ano. É hora de buscar referências, procurar novas tendências para investir. Por isso, iniciamos hoje uma nova série de textos com diversas tendências que terão destaque em 2021.

Começamos pelas tendências de marketing para 2021. Separamos oito tendências de marketing digital que você deve ficar de olho.

Quer ficar por dentro das principais tendências para 2021? Confira nossa série especial de posts sobre o assunto:

Qual o impacto da pandemia de coronavírus no comportamento do consumidor?

Antes de começarmos a nos aprofundar nas tendências de marketing para 2021, precisamos resgatar e entender um pouco o que aconteceu em 2020.

Lá em meados de março, muitos de nós acreditávamos que a quarentena ia durar apenas algumas semanas, no máximo poucos meses. O planejamento de muitas pessoas precisou ser feito, refeito, repensado, adaptado e fomos aprendendo com o passar do tempo a fazer o melhor que podíamos com os recursos que tínhamos disponíveis. Foi um aprendizado coletivo e com transformações aceleradas tanto para empresas quanto para consumidores.

Desde uma profunda mudança na economia global, com novos formatos de trabalho e geração de consumo de bens e serviços sendo impactados, todos nós evoluímos juntos.

Por exemplo, em um estudo realizado pela Psyma indica que 3 em cada 4 consumidores afirmam que a passagem do COVID-19 causará alguma mudança permanente em suas vidas.

Um estudo realizado pela Mindshare identificou cinco percepções que serão fundamentais para se conectar com os consumidores neste novo padrão de comportamento e consumo:

  • Em todo o mundo, três em cada dez pessoas afirmam ter sido “muito afetadas” economicamente pelos efeitos da crise de saúde.
  • Quando esse sentimento de afetação financeira é lido pelas faixas etárias, os mais jovens dizem que ficam especialmente chocados.
  • A sensação de tédio aumentou de uma em cinco pessoas para uma em quatro pessoas.
  • Desde o início da pandemia e até março, o número de consumidores que compraram online “mais do que antes” chegou a 31%. Agora o número subiu para quase um em cada dois.
  • Seis em cada dez pessoas disseram estar ansiosos para voltar ao normal.

7 tendências de marketing globais

Diante desse cenário novo e bastante desafiador será preciso para muitas empresas repensar e replanejar algumas ações e posicionamentos para seguir competitiva no novo mercado.

O estudo realizado pela Deloitte chamado “2021 Global Marketing Trends: Find your focus” surge como um bom indicativo para ajudar empresas que precisam de ajuda com os rumos do seu negócio. Ao longo do estudo a empresa enumera sete grandes tendências que devem ser consideradas no campo do marketing para enfrentar 2021.

Vamos conhecer cada uma dessas tendências:

1. Objetivo

De acordo com a pesquisa, 79% dos consumidores relembraram casos de marcas que responderam positivamente ao COVID-19 para ajudar seus clientes, colaboradores e comunidades.

A pesquisa indicam que as pessoas ficarão especialmente próximas de marcas que têm um propósito. Diante dessa tendência, as empresas devem se preocupar muito mais sobre o seu papel entendendo porque os seus produtos existem e qual é a sua missão para ajudar as comunidades, do que apenas atender a uma necessidade do consumidor.

2. Agilidade

A pandemia também alterou a forma como as empresas planejam suas estratégias de crescimento. As marcas que forem ágeis na adaptação ao novo normal ganharão a preferência do consumidor.

De acordo com a Deloitte, 58% dos consumidores conseguiram citar uma marca mudou rapidamente suas ofertas para reagir melhor ao “novo normal” induzido pelo COVID-19. Ainda segundo o estudo, 82% dos respondentes disse que as novas ofertas aumentaram seu desejo de fazer mais negócios com essas marcas.

3. Experiência humana

A pandemia acelerou em muitas empresas a digitalização. Porém, as empresas não podem perder de vista o lado humano das suas ações.

Isso porque, segundo a pesquisa “quando as organizações projetam seu futuro digital para a eficiência, ao invés da conexão humana, é gerada uma dívida de experiência, que pode se manifestar em resultados distorcidos, falta de inclusão e sentimento de isolamento social ”.

Por isso, é importante dar atenção ao aspecto humano da sua marca, ao invés de focar em criar uma empresa apenas digitalmente adaptada.

4. Confiança

A relação de confiança entre consumidor e marca se acentuou durante a pandemia. As empresas agora estão sendo avaliadas sob o aspecto do que prometem e do que entregam em termos de experiências, sobretudo.

E quando a relação promessa versus entrega se torna muito discrepante o que se perde é a confiança. O que acabou levando um em cada quatro consumidores a se afastar das propostas comerciais dessas empresas.

5. Participação

Os consumidores estão muito mais conscientes do poder das suas decisões de consumo. O consumidor sabe exatamente o seu papel como membro ativo da rede, e está fortemente vinculado a um propósito.

Eles passaram a ser, além de consumidores, embaixadores da marca, influenciadores, colaboradores e inovadores.

Por isso, é importante planejar estratégias de engajamento que entendam o cliente como parte importante do processo, criando ações que explorem esse novo formato de participação do consumidor.

6. Fusão

Estamos todos, consumidores, empresas, governos e comunidades, buscando formas de adaptação ao novo cenário imposto pela pandemia.

É uma realidade e desafio para todas as pessoas do mundo. Por isso, uma tendência muito forte nos próximos anos será a união de empresas de diferentes setores para criar soluções para os desafios do futuro.

7. Evolução em todos os níveis

Por último, o marketing em 2021 precisará quebrar muitos paradigmas, evoluir rapidamente e buscar soluções em um mercado que não vai parar de evoluir rapidamente.

Isso exigirá que os profissionais de marketing busquem novos talentos e soluções no mesmo ritmo da mudança do mundo.

8 tendências de marketing para 2021

1. Vídeos

Começando com uma tendência que não é novidade para ninguém. Acontece que ainda existe um grande potencial não explorado pelas empresas, especialmente PMEs.

O YouTube, por exemplo, é o segundo maior buscador do mundo com 1,8 bilhões de usuários ativos mensais.

Por isso, inserir vídeos na suas estratégias de marketing digital segue sendo uma forte tendência de marketing para 2021.

Aproveite todo potencial e versatilidade dos vídeos para criar ações de engajamento e conversão. Explore também os diversos formatos e plataformas para atingir mais pessoas.

2. SEO Local

Pequenas e médias empresas devem ficar muito atentas a essa tendência. Garantir que suas listagens locais sejam verificadas e mantidas atualizadas em várias plataformas de pesquisa será extremamente valioso para sua estratégia digital.

Especialmente para empresas B2C que atraem clientes, principalmente em nível local (revendas de automóveis, móveis e consultórios médicos, por exemplo), a listagem do Google Meu Negócio permite que você configure diversas informações valiosas sobre a sua empresa, como seus horários, serviços e localização geográfica.

Também é importante certificar-se de que a área de serviço está definida geograficamente em suas listagens locais. Isso ajudará sua empresa a aparecer nas pesquisas “perto de mim”.

Qual a importância disso? Os mecanismos de pesquisa priorizam a relevância em seus algoritmos de pesquisa.

Além disso, mantenha suas listagens atualizadas, para permitir que seus clientes saibam de quaisquer mudanças em seus horários, novas promoções, postagens do seu blog e qualquer informação que você deseja divulgar.

3. Pesquisa por voz

Mesmo que a pesquisa por voz ainda não faça parte do algoritmo do Google, é muito importante estar atento a essa tendência.

De acordo com especialistas, esse tipo de busca vem crescendo ano após ano e deve se tornar cada vez mais importante.

É importante levar em consideração que as consultas de pesquisa por voz geralmente produzem resultados diferentes do que se o usuário estivesse digitando a sua consulta.

Por isso, o conteúdo deve ser otimizado especificamente para voz. Ele precisa ser mais direto e comunicativo para ser sincronizado com precisão com as consultas de pesquisa.

4. Retenção por segmentação

Aquela conhecida afirmação de que é necessário investir menos dinheiro para manter seus clientes existentes do que ganhar novos ganhou um novo aliado.

Como vimos antes, os clientes estão mais cientes da sua responsabilidade e influência. Por isso, investir em ações para os estágios seguintes a jornada do cliente fazem muito sentido. Uma vez que clientes satisfeitos tendem a influenciar amigos e familiares e indicar novos clientes para empresas e serviços que eles acreditem.

Uma boa forma de trabalhar na jornada após a compra, é investir em segmentação e personalização entregando ofertas e conteúdos que façam sentido para cada tipo de cliente. Potencializando e aproximando a sua comunicação e conteúdos do seu cliente.

5. Conteúdo interativo

Adicionar elementos interativos ao seu site, blog ou redes sociais é uma ótima forma de agregar valor para os visitantes, fazendo com que eles se envolvam com sua marca.

Por exemplo, se a sua empresa oferece serviços de contabilidade, você pode em seu site oferece uma calculadora de tributos. Se a sua empresa é uma revenda de carros, pode oferecer uma calculadora de estimativa de preços de veículos de acordo com as características que o cliente busca.

Dessa forma você está oferecendo valor aos visitantes do seu site enquanto entrega conteúdo que ajuda eles a resolver suas dúvidas. Além disso, você garante uma excelente fonte de dados sobre seu cliente que podem ajudar a melhorar e potencializar as suas ofertas.

Outros exemplos de conteúdo interativo que você pode explorar

  • Avaliações;
  • Questionários;
  • Jogos;
  • Enquetes;
  • Vídeos interativos;
  • Pesquisas;
  • Concursos.

6. Conteúdo gerado pelo usuário

Conteúdo Gerado pelo Usuário (UGC) é qualquer tipo de conteúdo — vídeos, imagens, textos, avaliações — que são criados por clientes ou usuários e não pelas próprias empresas.

Essa é uma excelente forma de marketing boca a boca digital. Uma vez que oferece um conteúdo autêntico e original de usuário para usuário.

Essa forma de geração de conteúdo já é adotada por grandes marcas mundiais, mas pouco explorada por PMEs. Imagine uma pequena loja de roupas do seu bairro que gera conteúdo com clientes reais vestindo suas peças e dando percepções reais e honestas sobre seus produtos.

Com muitas redes sociais infladas por imagens altamente produzidas, o CGU surge como uma dose de realidade e verdade para muitos consumidores, e pode ajudar sua empresa a aumentar as vendas.

Além disso, o Conteúdo Gerado pelo Usuário surge como uma boa forma de manter sua produção de conteúdo mesmo com as restrições de distanciamento social.

7. Google Core Web Vitals

2021 será responsável por uma grande mudança no SEO. O novo fator de classificação adotado pelo Google chegará e promete muitas novidades.

O Core Web Vitals como é chamado deve privilegiar a experiência do usuário na sua página como um dos fatores determinantes para o ranqueamento em 2021.

O Core Web Vitals usará apenas 3 métricas: o Largest Contentful Paint (LCP), que mede a renderização do maior conteúdo visível da página, o First Input Delay (FID), que mede o tempo que o navegador demorou para responder após a primeira interação do usuário e o Cumulative Layout Shift (CLS), que mede a quantidade de mudanças de layout visíveis e inesperadas que aconteceram na página.

8. LGPD

Por fim, 2021 será um ano de maior atenção das pessoas aos seus dados pessoais.

Ainda que a maior preocupação atualmente seja em adequar as empresas a nova Lei, 2021 promete ser o ano em que os usuários darão mais valor e atenção para o uso dos seus dados pessoais e na sua segurança.

Por isso, sua empresa deve investir em comunicações claras e respeitar a privacidade dos dados dos seus usuários, sob pena de quebrar a confiança. E, como vimos antes, a construção de relações de confiança promete ser um dos grandes diferenciais para o próximo ano.

E você, já está trabalhando no planejamento do seu negócio para 2021? Vai apostar em quais dessas tendências de marketing?

Vinícius Pereira
Últimos posts por Vinícius Pereira (exibir todos)
Resumo
Tendências de marketing para 2021: 8 tendências para você ficar de olho
Nome do Artigo
Tendências de marketing para 2021: 8 tendências para você ficar de olho
Descrição
Confira uma lista com oito tendências de marketing digital que você deve ficar de olho em 2021 e comece a preparar o seu negócio para o próximo ano.
Autor
Nome
KingHost
Logo

Comentários

comentário(s)