🚀 Conexão kInghost: Aulas online e gratuitas para fazer o seu negócio evoluir no digital 💰

Kinghost | Blog

Facebook e Marco Civil: o Big Brother da internet

Publicado em 10/07/2013

Atualizado em 04/06/2024

Fonte: E-farsas; EBC

Após as denúncias de que o governo norte-americano teria acesso a dados virtuais de brasileiros, dois eventos chamaram bastante a atenção nestes últimos dias nas telas dos brasileiros.

Primeiro: Usuários do Facebook começaram compartilhar uma mensagem falsa sobre a cobrança do serviço. O boato informa que “os fiscais do face darão início a busca seletiva avançada a procura desse aviso no seu mural” e que poderão cobrar uma taxa dos internautas que não compartilharem o texto. A mensagem mistura os debates sobre privacidade na web e diz que a informação teria sido divulgada por programas de televisão.

 Facebook

Sobre esse, podemos ignorar. Não, não é verdade.

Segundo: A votação do Marco Civil da Internet foi ressuscitado pela sétima vez. Por que? Bem, o Governo não poderia ficar para trás nessa história toda. Contudo, as afirmações de que ele entraria na lista de prioridades nesta terça-feira não alteraram em nada a disposição dos deputados. Primeiro, porque a aprovação não impede o acesso às informações por parte das agências de espionagem. Segundo, existem inúmeras desculpas econômicas para que esse projeto fique para trás novamente. Isso porque as operadores de telecom deveriam respeitar a neutralidade da rede.

Esse conceito vem sendo modificado nos últimos anos para permitir vantagens econômicas. As teles enxergam uma competição com provedores de conteúdo e querem melhor “utilizar” ($) as redes.

A grande questão estaria aqui:

Art. 9º O responsável pela transmissão, comutação ou roteamento tem o dever de tratar de forma isonômica quaisquer pacotes de dados, sem distinção por conteúdo, origem e destino, serviço, terminal ou aplicativo.

Mas voltando ao assunto “como o Marco Civil pode ser eficaz contra a espionagem”: não pode!

Dilma falou em levar a questão à Comissão de Direitos Humanos da ONU e comentou sobre a inclusão no Marco Civil da Internet de uma obrigação sobre o armazenamento de dados em território brasileiro.

E agora? Isso seria necessariamente bom?

O que você achou deste conteúdo?

O que você achou deste conteúdo?

Compartilhe esse conteúdo com alguém que possa gostar também

Receba todo mês conteúdos
incríveis como esses para
seguir evoluindo

Conteúdos relacionados

Em um cenário onde a competitividade e a eficiência são fundamentais, a digitalização de negócios se tornou um elemento imprescindível para empresas que desejam permanecer relevantes no mercado. A digitalização, não só transforma operações internas, melhorando processos e reduzindo custos, mas também impulsiona o crescimento ao abrir novas oportunidades de mercado e melhorar a experiência...
Gerenciar um negócio, independente do segmento, não é uma tarefa fácil. Além de garantir que a atividade-fim da empresa seja realizada da forma adequada, você precisa se preocupar com todos os outros detalhes relacionados ao trabalho diário: burocracias, financeiro, recursos humanos… Por isso, buscar uma gestão mais eficiente diariamente é essencial. Veja bem: você já...
Por mais que você seja muito experiente, tenha um ótimo feeling para os negócios e conheça seu segmento como ninguém, tomar decisões baseadas somente no seu julgamento pode ser perigoso… A análise de dados de negócio é indispensável às estratégias empresariais, para empresas de qualquer porte ou segmento.  Todo empresário precisa de informações para tomar...

📅 Aulão GRATUITO 🚀 Como VENDER MAIS na internet 💰

Mensagens para você