🚀 Conexão kInghost: Aulas online e gratuitas para fazer o seu negócio evoluir no digital 💰

Kinghost | Blog

Utilizando CSS Variables (Custom Properties)

Já ouviu falar em CSS Variables? Leia o artigo para saber mais sobre o assunto e descobrir como declarar, modificar e aplicar propriedades customizadas de maneira eficiente.
Publicado em 09/05/2024

Atualizado em 14/05/2024
Utilizando CSS Variables (Custom Properties)

Entenda o conceito de CSS Variables e seus recursos avançados.
As CSS Variables, também conhecidas como propriedades customizadas ou, em inglês, Custom Properties, são uma poderosa ferramenta no CSS que permite uma maior flexibilidade e reutilização de código.
Isso faz com que elas sejam essenciais para manter estilos dinâmicos e facilitar a manutenção de grandes projetos de web design.
Quer saber mais sobre o assunto? Continue a leitura e confira:

  • o que são CSS Variables;
  • qual é a configuração básica dos CSS Variables;
  • como usar CSS Variables na prática;
  • como utilizar os recursos avançados do CSS Variables;
  • por que usar CSS Variables;
  • suporte oferecido aos CSS Variables.

O que são CSS Variables?

Se você já trabalhou com alguma linguagem de programação, sabe que as variáveis permitem definir valores que podem ser reutilizados e modificados em tempo de execução. Por outro lado, se também já usou pré-processadores de CSS (LESS, SASS ou similares), sabe como utilizar as variáveis pode ser divertido e proveitoso!
Isso acontece porque elas permitem que você defina um valor simbólico que pode ser recuperado e utilizado em qualquer regra de estilo. Mas você sabe o que são as CSS Variables? 
Também chamadas de Custom Properties, elas representam valores simbólicos que podem ser definidos dentro do CSS e reutilizados em uma página web. No entanto, diferentemente do LESS/SASS, elas podem ser modificadas em tempo de execução (com a página já sendo exibida), e qualquer mudança efetuada pode ser observada imediatamente.

Qual é a configuração básica das CSS Variables?

CSS Variables são definidas por um nome que começa com dois traços (por exemplo, –blah: “blah”) e podem ser aplicadas em qualquer lugar onde se utilizaria um valor CSS. Elas são acessadas através da função:
var()
Sendo assim, o objetivo do CSS Variable é facilitar a vida do desenvolvedor, diminuindo a repetição de código. Elas também podem ser manipuladas por JavaScript ou pela importação de outra folha de estilos, o que permite oferecer temas personalizados.

Como usar CSS Variables na prática?

Como vimos anteriormente, a declaração de propriedades customizadas em CSS deve ser iniciada com dois hífens (–). É importante notar que essa declaração é sensível a maiúsculas e minúsculas, ou seja, –cor é diferente de –COR.
Vamos ter como exemplo:
/* declarando uma variável */
:root {
  –corzinha-bacana: #39F;
}
/* utilizando a variável para definir a cor de um elemento */
.meu-elemento-loko {
  color: var(–corzinha-bacana);
}
No exemplo acima, :root é um seletor CSS que acessa o elemento raiz do documento, ou seja, que define o escopo global da variável, tornando-a acessível em todo o documento HTML. É como usar o seletor HTML, mas é mais específico, ou mais difícil de ser sobrescrito.

Como utilizar os recursos avançados do CSS Variables?

Quer saber como utilizar os recursos avançados das CSS Variables? É possível definir um valor de fallback (valor de segurança) para as variáveis, ideal para situações em que elas não são definidas ou têm valores inválidos.
Acompanhe o exemplo:
.elemento {
  width: var(–largura-maxima, 100px);
}
Neste caso, se –largura-maxima não existir ou contiver um valor inválido, o elemento assumirá 100px de largura. Isso é possível porque as CSS Variables são dinâmicas e se integram ao modelo cascata do CSS, permitindo definições em diferentes níveis de escopo. 
Elas também podem ser manipuladas via JavaScript para leitura e modificação, proporcionando grande flexibilidade. Confira um exemplo do seu uso em cascata:
/* definindo (padrao) */
:root { –color: red; }
/* definindo (apenas em uma classe) */
.opaa { –color: green; }
/* definindo (apenas um elemento especifico) */
#opaa { –color: blue; }
/* aplicando para todo mundo */
* { color: var(–color); }
<p>Eu sou vermelho (herdei do <code>:root</code>)</p>
<p>Eu sou verde</p>
<p id=”opaa”>
  Eu sou azul
  (<span>E eu sou azul tb (já que meu _parent_ é azul)</span>)
</p>
Além disso, as variáveis podem ser acessadas através de JavaScript e modificadas de acordo com as suas necessidades. Confira um exemplo de como manipular o valor de uma propriedade:
var elem = document.getElementById(‘meuElemento’);
// para ler uma variável
var v1 = elem.style.getPropertyValue(“–variavel-loka”);
// e para modificar o valor de uma variável
elem.style.setProperty(“–variavel-loka”, v1);
O valor de uma propriedade pode ser utilizado dentro de outra propriedade, por meio do comando var(). Dessa forma:
elem.style.setProperty(“–color”, “var(–outra-propriedade)”);

Por que usar CSS Variables?

Usar CSS Variables oferece várias vantagens significativas para o desenvolvimento web. A primeira delas é que simplifica o gerenciamento de estilos, permitindo que você altere valores em um único lugar. Isso afeta de uma vez só todas as propriedades que usam essa variável.
Os Custom Properties também conferem mais flexibilidade ao permitir ajustes dinâmicos de temas e estilos diretamente via CSS ou JavaScript, o que é ideal para respostas rápidas a interações do usuário ou mudanças de tema.
Além disso, o uso de CSS Variables melhora a manutenção do código, tornando-o mais limpo e fácil de entender. Tudo isso sem prejudicar a performance, já que o navegador lida bem com essa abordagem moderna.

E o suporte oferecido a CSS Variables?

A maioria dos navegadores modernos suporta as Custom Properties, ou Propriedades CSS Customizadas, com exceção do IE11 e Opera Mini. Antigas versões do MS Edge apresentavam problemas, mas esses já foram resolvidos.
Se você tiver interesse em aprender mais sobre CSS Variables, pode consultar a Mozilla Developer Network. Eles oferecem diversos conteúdos educacionais em inglês.
Leia também: PWA — O Que São E Como Revolucionam A Experiência Do Usuário
Agora você já sabe que as CSS Variables revolucionam a forma como gerenciamos estilos em CSS, trazendo flexibilidade, escalabilidade e eficiência. Essa é uma oportunidade de experimentá-las em seus projetos para ver como podem simplificar seu trabalho e elevar a qualidade de seus designs.
Aproveite para aprofundar seus conhecimentos e confira como usar CSS Modules em escala, e o melhor: de maneira eficaz!

O que você achou deste conteúdo?

O que você achou deste conteúdo?

Rodrigo

Rodrigo Hahn

Creates software at KingHost. Has a theoretical degree in physics.

Rodrigo

Rodrigo Hahn

Creates software at KingHost. Has a theoretical degree in physics.

Compartilhe esse conteúdo com alguém que possa gostar também

Receba todo mês conteúdos
incríveis como esses para
seguir evoluindo

Conteúdos relacionados

Você pode até não perceber, mas as aplicações web já se tornaram parte da sua rotina. Diariamente, você acessa informações, realiza negócios e se comunica por meio dessas aplicações. Isso mesmo, desde plataformas de e-commerce que facilitam compras online até redes sociais que conectam bilhões de pessoas globalmente, as aplicações web desempenham um papel fundamental...

📅 Aulão GRATUITO 🚀 Como VENDER MAIS na internet 💰

Mensagens para você