🚀 Conexão kInghost: Aulas online e gratuitas para fazer o seu negócio evoluir no digital 💰

Kinghost | Blog

Dicas para otimização para loja virtual em Magento

lojas-virtuais-de-alta-performance-url-servicos

Se você tem uma loja virtual, certamente deseja que o seu negócio seja encontrado na internet. Não basta estar na internet, é preciso ser encontrado nela. Neste post, você confere algumas dicas de otimização para a sua loja virtual.
Publicado em 29/05/2014

Atualizado em 04/06/2024

lojas-virtuais-de-alta-performance-url-servicos

Se você tem uma loja virtual, certamente deseja que o seu negócio seja encontrado na internet. Não basta estar na internet, é preciso ser encontrado nela. O SEO (Search Engine Optimization), que traduzindo significa Otimização se Sites, ajuda a aumentar a visibilidade de sua empresa e produto.

A internet oferece diversas ferramentas que ajudam as empresas a estabelecer sua loja on-line. Magento é um destes sistemas disponíveis, considerado uma das melhores opções para o comércio eletrônico. Clientes da KingHost podem instalar esta ferramenta rapidamente com o Instalador Automático, direto no Painel de Controle. E para que você possa para extrair o melhor potencial desta ferramenta, aqui vão algumas dicas de otimização para a sua loja virtual.

WWW e não-WWW

O lojista tem a opção em escolher entre o www e a versão não-www da URL. O domínio de sua preferência é a versão que você deseja usar para seu site nos resultados de busca. Os links podem apontar para seu site usando as versões www e não www do URL (por exemplo, http://www.example.com e http://example.com).

Para habilitar a opção de reescrita de URL do servidor você deve entrar em Sistema => Configuração => Web => Optimization Search Engines. Depois, “Adicionar Código de loja para Urls” => “Opções de URL”. Deixe, na maioria dos casos, configurado como “Não”.

No entanto, com a mudança da configuração realizada, o lojista não cria um redirecionamento de www para não-www ou vice e versa, ele apenas define o preferido. Por isso, você deve criar um redirecionamento 301 com .Htaccess com mod_rewrite. Além de resolver o problema do www ou não-www, esse redirecionamento impede a Magento de adicionar a consulta SID para o seu URLs.

Permita que o seu site seja crawled  (“vasculhado”)

Esta opção fará com que os mecanismos como Google e outros sites de busca vasculhem seu site e cataloguem suas páginas nos resultados. Vá até Sistema > Configurações > Design > Cabeçalho HTML. Nessa área, há uma opção “Robôs Padrão”. Antes de ativar, certifique-se que a opção escolhida seja “INDEX/ FOLLOW”.

Configuração do cabeçalho

Uma das primeiras configurações realizadas após instalar o Magento são as customizações no cabeçalho (título do site, logotipo, mensagem de boas vindas.) O primeiro passo é acessar o painel de administrador, no menu Configuração => Design => Cabeçalho ou Header HTML. O título que você vai escolher para o seu site será utilizado por várias páginas sem conteúdo ou título personalizado, como por exemplo, ‘Fale Conosco’ e os ‘termos de busca populares’. O título não pode ter mais do que 60 caracteres e a descrição deve ter entre 120 e 150 caracteres.

No campo “Robots Padrão“, você informa se o site deve ser indexado pelos sistemas de busca:

Index e NoIndex: o “index” sugere que o site deve ser indexado, ou seja, reconhecido publicamente como opção de busca. O “noindex” pode ser usado por lojas que ainda não estão prontas, em período de testes e desenvolvimento.

Follow e Nofollow: o “follow” sugere que os crawler’s sigam os links publicados na sua página, dessa forma eles podem encontrar e indexar suas categorias e produtos. O nofollow” pode ser usado da mesma forma que o “noindex“.

Exibir Mensagem Loja de Teste: quando marcado como “Sim“, vai inserir um alerta no alto das suas páginas indicando que a loja não está pronta.

Remova index.php das suas URLs

Vá até Sistema > Configurações > Web > SEO (Search Engine Optimization). Nesta área, ative a opção “Usar URL’s Amigáveis” ou “Usar rewrites”.  Isso irá remover o “.index.php” das URL’s da sua loja e produtos.

Troque o título padrão Magento Commerce

Escolha o título e a descrição que se encaixam com a sua loja. Vá em Configuração => Design => Cabeçalho ou Header HTML. Este título será usado por várias páginas sem conteúdo ou título personalizado, como por exemplo, ‘Fale Conosco’ e os ‘termos de busca populares’.

A página inicial geralmente é uma página de CMS do Magento. Esta ferramenta também permite que você adicione o nome das categorias nos caminhos para a URL do produto. Para fazer isso, vá em  Sistema => Configuração => Catálogo => Search Engine Optimization e conjunto “Use Categories Path for Product URLs para não. Depois, defina os detalhes de cada categoria:

Meta Description: Atraia os clientes através de uma descrição criativa e que chame a atenção.

Título da página: mantenha este campo vazio para usar o nome da categoria, incluindo as categorias pais. Quando você personalizá-lo, o título será exatamente como a sua entrada, sem a categoria pai.

Chave URL: tente manter uma URL curta, mas rica em palavras-chave. Evite deixar palavras de parada, como ‘a’, ‘e’, ‘para, etc… Você também pode definir isso apenas para todas as exibições da loja, para uma loja de multi-idioma que você deve mantê-lo independente do idioma. Para cada visão loja você pode especificar o nome, descrição, título da página e Meta dados.

Velocidade

Uma das providências que você pode tomar para aumentar a velocidade da plataforma Magento é habilitar o cache. Basta acessar: Sistema => Gerenciamento de cache. Agora, habilite todos os recursos de cache.

Outro fator importante para a performance de velocidade é a diminuição do arquivos nas páginas. Para cada arquivo que o usuário faça download, o navegador tem que criar uma nova conexão com o servidor. Portanto, é necessário reduzir o número de arquivos combinando todos eles em apenas um.

Conteúdo duplicado

Ainda que já tenha seguido as etapas mais simples, o lojista ainda pode se deparar com o problema de conteúdo duplicado. Para cada produto que você tem, você possui diversas URLs exatamente com mesmo conteúdo. Por exemplo:

dominio.com.br / product.html
dominio.com.br/category1/product.html
dominio.com.br/catalog/product/view/id/1 /
dominio.com.br/catalog/product/view/id/1/category/1 /

Outro problema são as categorias, onde você recebe uma carga de conteúdo duplicado com a navegação em camadas e as opções de ordenação. Para se livrar de todos os conteúdos duplicados, existem algumas opções, a mais usada é criar o arquivo robots.txt, ou optar por outras extensões mais recentes.

URLs Canonical

Ainda como ferramenta para auxiliar os motores de busca para compreender o conteúdo duplicado das páginas, os lojistas podem sugerir a versão preferida do URL de cada página, usando a tag nova URL canônica, instalando o Canonical URLpara Magento. AsM sim, você poderá eliminar problemas de conteúdo duplicado e transformar os parâmetros para produtos e categorias.

XML Sitemaps                                           

Os XML Sitemaps são ferramentas que facilitam a busca pelo conteúdo que você possui na sua loja virtual. Você pode criar um Sitemap XML manualmente. Acesse Catálogo => Google Sitemap => Adicionar Sitemap. Escolha o nome do arquivo e da loja, e ‘Salvar & gerar’. Para apontar os motores de busca em seu arquivo sitemap.xml, você pode colocar o seguinte código em seu arquivo robots.txt: Mapa do site: http://dominio.com.br/sitemap.xml~~HEAD=NNS. Como existem alterações de estoque, você  terá que re-gerar sitemaps. Para se certificar de que seus sitemaps são gerados toda vez que muda o estoque, a melhor maneira seria criar um cron job.

Utilize o potencial das suas imagens

Sua loja virtual terá muitos produtos e muitas fotos. Dedique tempo e crie uma descrição para cada da imagem quando estiver colocando em um produto. Se for a foto de um blusão verde, por exemplo, nomeie este arquivo como BLUSÃO VERDE. Se tiver algum detalhe que diferencie esta peça, acrescente também na nomenclatura. Por exemplo: blusão-verde-lã. Essas nomenclaturas ajudarão na indexação e são mais eficientes do que um valor genérico como “DCIM14567-32.jpg”.

Instalação de plugins para minificação de CSS/JS

Essa estratégia é considerada uma das melhores para uma boa performance. Primeiro, o arquivo é escrito normalmente. Depois, você utiliza uma das ferramentas de compressão da sua escolha para enviar o arquivo para o browser com o tamanho 90% menor do que era originalmente. Abaixo, você confere dois links com opções de compressores para arquivos CSS e JS:

JSCompress.com – Usa JSMin ou Packer para reduzir o tamanho dos arquivos;

CSS Compressor – Comprime arquivos CSS;

No nosso blog você também pode conferir dicas sobre como instalar e atualizar o Magento 1.8.1.0.

O que você achou deste conteúdo?

O que você achou deste conteúdo?

Livia

Lívia

Lívia Lampert

Focada em ampliar e melhorar continuamente a experiência dos clientes da KingHost. Formada em Publicidade e Propaganda pela UFRGS e em Design pela UniRitter, com mais de 12 anos de experiência em marketing digital, empreendedorismo e desenvolvimento.

Lívia

Lívia Lampert

Focada em ampliar e melhorar continuamente a experiência dos clientes da KingHost. Formada em Publicidade e Propaganda pela UFRGS e em Design pela UniRitter, com mais de 12 anos de experiência em marketing digital, empreendedorismo e desenvolvimento.

Compartilhe esse conteúdo com alguém que possa gostar também

Receba todo mês conteúdos
incríveis como esses para
seguir evoluindo

Conteúdos relacionados

Você pode até não perceber, mas as aplicações web já se tornaram parte da sua rotina. Diariamente, você acessa informações, realiza negócios e se comunica por meio dessas aplicações. Isso mesmo, desde plataformas de e-commerce que facilitam compras online até redes sociais que conectam bilhões de pessoas globalmente, as aplicações web desempenham um papel fundamental...

📅 Aulão GRATUITO 🚀 Como VENDER MAIS na internet 💰

Mensagens para você