SXSW: o que é e as tendências de 2018


Semana passada recebemos e apoiamos a 16º edição do FALE à Vontade, evento realizado pela FALE Consultoras e que busca trazer uma visão diferenciada para o endomarketing. A edição “Cultura, Propósito e Inovação” trouxe Luiza Gaidzinski para falar sobre as tendências de um dos Maiores Eventos da Indústria Criativa e Inovação do Mundo, o South by Southwest® (SXSW®). O que é SXSW, referências dele para o mundo e ideias para aplicar em seu negócio foram cuidadosamente separadas neste post.

Antes de explicar mais sobre o SXSW e os novos rumos trazidos por ele, acho que é legal você entender rapidamente o que é FALE à Vontade. Trata-se de um evento para reunir pessoas de comunicação interna e recursos humanos. A ideia é inspirar e transformar, pessoas e resultados por meio de informações compartilhadas. Como a FALE Consultoras explica “compartilhar é sabedoria”.

Só aí você já tem uma breve ideia do quão rico foi esse encontro. Aproveitando para lembrar que o mês ainda não acabou e tem outros eventos superlegais que vão rolar. Se quiser dar uma olhada é só acessar a Agenda de Eventos de Maio.

Mas, se como eu você odeia não ter tudo planejado com certa antecedência, tenho uma sugestão (particularmente acho a melhor opção). Você pode se inscrever gratuitamente e receber tanto a Agenda quanto os conteúdos do Blog em primeira mão em seu email. 🙂 Assim você consegue se programar e também estar por dentro das novidades sempre.


SXSW: o que é esse evento?

Já trouxe um bom spoiler do que é o evento logo de cara, mas vamos as informações adicionais. O South by Southwest® é considerado um dos Maiores Eventos de Inovação e Criatividade do Mundo, que acontece desde 1987 em Austin, no Texas (EUA).

O mais legal é que o Festival começou com o intuito de promover a cultura musical, artística e do entretenimento. A previsão era de ter 150 pessoas no primeiro evento do SXSW. Mas todos sabemos que boas ideias são merecedoras de créditos à altura. Por isso, já de largada foram 700 registradas.

Considerada a Capital da Contracultura e da Música (o vulgo hipster do Texas), a cidade se transforma ao receber o evento. Em 2018, entre 9 e 18 de março, foi a época de Austin se mutar. Para você ter uma ideia dimensão, durante os dias em que o SXSW se desenrola toda a cidade vira palco de conteúdo. Ruas, casas de alojamento de países, casas de grandes companhias, auditórios, teatros e qualquer outro lugar com pessoas para trocar conhecimento são cobertos de muita informação a todo momento.

Para facilitar, a conferência é separada em trilhas (quem já participa de eventos como o TDC sabe mais ou menos como funciona). Ou seja, você compra o acesso a uma trilha e monta sua programação com base em seus interesses. A Luiza Gaidzinski, quem trouxe as tendências que vou citar, participou na Interatividade. Bora conferir algumas das tendências que ela trouxe?

Tendências do SXSW para todos os setores

Ah, chegou o melhor momento, aquele que vai trazer insights para seu negócio ou projeto – afinal, quem é que quer ficar parado? Já adianto que rolaram várias tendências, mas aqui vamos falar apenas de algumas delas.

#1 – Propósito (no trabalho)

É isso mesmo, foi-se o tempo que nós, meros mortais, trabalhávamos apenas por níqueis. A principal abordagem do SXSW foi o lado humano na era digital. E aí entra numa pauta que eu amo e que está em alta desde 2016: o ser humano voltou a ser o centro do universo.

O próprio Facebook trouxe dados superinteressantes. 66% dos Millennials (geração Y) americanos afirmam que a escolha pela empresa em que trabalham foi pelo propósito dela. Tanto é verdade que 61% também afirmaram que já pediram demissão quando algo estava em conflito com seus valores.

Então, a visão de propósito pode ser bem definida.

  • No trabalho: “amor é o que move as pessoas no escritório”, ambientes precisam ser mais que acolhedores e bonitos, as pessoas neles precisam ser empáticas. E aí temos um ponto: não é preciso forçar amizades íntimas, mas que a construção de valor da empresa reflita nos das pessoas. Assim todos irão batalhar por um mesmo ideal, compreenderão as dores alheias e crescerão como time juntos.
  • No consumo: robôs são fofos e ágeis, mas nós temos emoções, percepções de vivências únicas e é isso que os novos consumidores querem! E assim vamos para a próxima tendência…

#2 – Consumidor Iluminado

As pessoas não estão mais preocupadas apenas com o preço, o nível de exigência de consumo mudou e todos precisam estar preparados para isso. Queremos (é, me incluo nessa totalmente) produtos e serviços que atendam e vão de encontro com nossas crenças sociais, valores e que contribuam com um mundo melhor.

Isso me fez lembrar de imediato na palestra “The Content Code: igniting your brand in a noisy world” que assisti em 2016, no Fórum da Interatividade e Comunicação. O (para mim) sensacional Mark Schaefer, um dos maiores blogueiros do EUA, falou sobre gatilhos estratégicos de conteúdo e o ponto central era COMPARTILHAR.

Olha que incrível, você já vê esse comportamento de consumo nas redes sociais. Quando alguém compartilha é como se dissesse “ei, eu acredito nisso, você também vai gostar”, sabe? E isso se estendeu para o consumo de produtos também, não apenas de conteúdo. As pessoas não querem mais usar algo, elas querem acreditar naquele produto, no desenvolvimento dele e dividir suas experiências com os demais.

Sim, nunca tivemos tão rodeados de modernidades, use isso como trunfo! O ganho está em entender que por trás dos recursos, máquinas e ferramentas estão pessoas. Então use tudo isso a favor de seus projetos e negócios, afinal percepções sensoriais e emocionais, esse tato único, só humanos têm.

#3 – Aprendizado na Velocidade da Luz

Ainda sobre as tendências de consumo, outro ponto que é extremamente essencial é o de adaptação da forma de consumo de conteúdo. Tudo mudou e vai mudar muito mais. A forma como estamos, humm, impacientes (?) é uma delas. Nosso nível de aprendizado se adequou ao imediatismo da comunicação por Apps.

Ser ágil na transmissão de conhecimento será a nova realidade. É bom lembrar que, como o próprio marketing de conteúdo enfatiza, tudo sempre irá depender da(s) persona(s) do seu negócio. Algumas preferem conteúdos densos, outros Webinars, alguns tutoriais rápidos e há quem prefira drops diários. Mas cada vez mais conteúdos como os vídeos Tastemade são os favoritos.

Então, uma forma de ir se adequando a nova tendência é, justamente, adaptar seus conteúdos para formatos mais enxutos. Por exemplo, aqui na KingHost produzirmos mensalmente Webinars de diferentes áreas e que duram em torno de uma hora. Mas visamos esse nova diretriz de consumo, por isso também disponibilizamos versões pocket deles.

Os Melhores Momentos (clique aqui para assistir) são vídeos curtos, entre 2 e 5 minutos, para fornecer um breve panorama do que é o conteúdo completo, agregar valor e otimizar o tempo de quem já está imerso neste novo padrão de consumo.

#4 – Adorável Imperfeição

Lembra do tato que falei mais cedo? Ah, a característica única dos habitantes racionais da Terra, aquela que nos torna… IMPERFEITOS. Chega de ideias infalíveis, de fórmulas mágicas e campanhas clichês, nossos Consumidores Iluminados querem aprender com os erros alheios, querem empresas que compreendem que “errar é humano” e que às vezes é necessário pedir desculpas.

Não se trata apenas de falhas, mas de um meio de aprimoramento constante. Há uma crescente valorização de quem sabe expor seus defeitos, por isso não tenha medo de arriscar – desde que tudo esteja alinhado com a essência do projeto e a estratégia dele.

Bem, espero que tenha curtido as dicas. Tentei compilar o que é o SXSW, alguns dos pontos que podem fazer a diferença para seu negócio e, claro, instigar você a ter várias ideias e implementá-las. Então, o que você achou? Consegui trazer insights legais? Comente aqui embaixo, vou adorar entender mais sobre o que você acha e trocarmos uma ideia a respeito – ah, já deixa o like no post para mais pessoas poderem ver o conteúdo! Até a próxima 🙂

Priscilla Mella

Priscilla Mella

Analista de Inbound Marketing em KingHost
Jornalista, entusiasta do empreendedorismo, fascinada pela Segunda Guerra, especialista e apaixonada por Marketing de Conteúdo, literatura romancista e Star Wars.
Priscilla Mella

Últimos posts por Priscilla Mella (exibir todos)

Comentários

comentário(s)