Amazon vs Amazônia: a disputa pela extensão de domínio .amazon


Um confronto entre uma gigante varejista e a maior floresta tropical do mundo, por essa vocês não esperavam, não é mesmo? Essa é a situação ocasionada pela disputa pela extensão de domínio “.amazon”.

Essa disputa surgiu em 2012, quando o ICAAN, organização independente responsável pela atribuição de nomes e números na internet, aprovou a liberação de endereços na internet no formato “.algumacoisa”, além dos que já conhecemos, como “.com”, “.net” e “.org”. Com isso, diversas corporações ao redor do mundo buscaram registrar essas extensões de acordo com o interesse da sua marca. A americana Amazon aproveitou para ter o controle de extensões como “.game”, “.kindle”, e claro o nome da companhia “.amazon”.

Mas você sabe o que são extensões de domínio? Confira agora nosso texto “Extensão de domínio: entenda tudo sobre

Entretanto, o Brasil e os outros sete países da região amazônica entraram com a solicitação para que a extensão não seja monopólio de uma empresa e que fique disponível para utilização em websites de conscientização ambiental sobre a região amazônica. Em 2012 a decisão deu como favorável para os países da floresta amazônica e colocou o status de “não dar seguimento” ao processo aberto pela companhia americana.

Amazon e Amazônia travam uma batalha pela extensão gTLDs .amazon

A Amazônia é a maior floresta tropical do mundo, e seu nome serviu de inspiração para a empresa Amazon. Créditos: Mario Oliveira – MTUR

Entretanto, em outubro de 2018, o processo foi reaberto, sob a afirmação da diretoria da entidade que havia encontrado um caminho de negociação entre os países membros da Organização do tratado de Cooperação Amazônica e a Amazon.

Para Virgílio Almeida, coordenador do CGI.br, não restam dúvidas de que esse domínio deva ser um bem do público da região amazônica. “Ressaltamos nosso posicionamento de que quaisquer outros domínios de topo que contenham valor cultural, geográfico ou patrimonial não devam ser delegados a entidades de caráter privado dissociadas do interesse público”, completa.

E você, qual a sua opinião? A extensão deve ser de propriedade da floresta amazônica ou da empresa Amazon? Vote na nossa enquete abaixo e veja o resultado!

 

Vitoria Maldonado

Vitoria Maldonado

Analista de SEO em KingHost
Graduada em Publicidade pela UFRGS e MBA em Business Intelligence na Universidade Positivo. Gosto de ver animes, assistir séries e jogar Pokemon GO nas horas vagas.
Vitoria Maldonado

Comentários

comentário(s)

Categories