☁️ Hospedagem Cloud e VPS - Alta performance para seus projetos com desconto imperdível 💰

Kinghost | Blog

Empreendedorismo feminino: dicas, desafios e perspectivas

Publicado em 08/03/2024

Atualizado em 02/04/2024
Empreendedorismo feminino: dicas, desafios e perspectivas

Ao longo das últimas décadas, as mulheres vêm ocupando cada vez mais espaços que antes eram considerados exclusivamente masculinos. Nesse cenário, o empreendedorismo feminino aponta como uma alternativa crescente de atuação.

Em um país onde as mulheres são maioria, o percentual de empreendedoras foi de 34% em relação ao total de negócios no ano de 2022, segundo dados do Sebrae. Mesmo com maioria populacional, as mulheres ainda caminham para conquistar mais lugares.

Portanto, ser uma mulher empreendedora é muito mais do que ser uma empresária, é também atuar na mudança, impulsionando e incentivando outras mulheres em sua jornada. 

O que é empreendedorismo feminino?

O empreendedorismo feminino reúne todos os negócios idealizados ou liderados por uma ou mais mulheres. Desde a criação de startups, gerenciamento de empresas, até lançamento de produtos ou serviços.

No empreendedorismo feminino podem-se reconhecer as contribuições e os desafios enfrentados pelas mulheres no mundo dos negócios. Já que empreender, para uma mulher, vai além da simples ação, mas engloba todas as responsabilidades de atuação de uma agente de mudança na sociedade.

O cenário do empreendedorismo feminino no Brasil

  • Entre os 30 milhões de empreendedores do Brasil, segundo o Sebrae, mais de 10 milhões representam mulheres donas de seus próprios negócios. Um terço do total, mas um número significativo, considerando os inúmeros desafios impostos pela desigualdade de gênero.
  • O estudo ainda revelou que o percentual de mulheres empreendedoras que geram empregos aumentou em 30% entre 2021 e 2022. Isso significa 300 mil novas mulheres empregadoras. 
  • Ainda considerando esse levantamento, empreendedoras têm escolaridade maior (16%). Além disso, apresentam taxas de inadimplência mais baixas (3,7% para elas contra 4,2% para eles).
  • Outro fato importante a ser citado é que, segundo dados do IBGE (2020), 49% das mulheres empreendedoras são chefes de família. Ou seja, donas de seu próprio negócio e  responsáveis por prover o lar.
  • A maioria das empreendedoras brasileiras (67%) têm entre 35 e 64 anos. 84% começaram a empreender por necessidade, pois realmente precisavam de um rendimento. 

A KingHost realizou uma curadoria de conteúdos exclusivos por mulheres especialistas. Para conferir é só clicar logo abaixo e aproveitar esse material de apoio feito para mulheres empreendedoras!

empreendedorismo feminino

Desafios da mulher empreendedora

Empreender não é uma tarefa fácil, mas para as mulheres o desafio é ainda maior. Conforme o estudo We Cities, divulgado pela Dell Technologies, entre principais fatores que dificultam a jornada da empreendedora, estão: a pesada carga burocrática, altos impostos corporativos e um sistema tributário complexo.

Então, para a mulher que deseja empreender, é fundamental conhecer os desafios que vem pelo caminho. Assim, existe a oportunidade de estar preparada para enfrentá-los e alcançar o tão almejado sucesso. Abaixo você confere mais detalhes:

Acesso a financiamentos

As mulheres muitas vezes enfrentam dificuldades para conseguir financiamento para suas empresas. Estudos mostram que as startups fundadas por mulheres recebem significativamente menos investimento do que as startups fundadas por homens.

Segundo o Report de Female Founders, em 2020, as mulheres receberam apenas 0,04% do total de capital de risco investido no país. Mesmo com o aumento de capital investido, a desigualdade na alocação desse capital ainda é muito grande.

Leia também: Empreendedorismo digital: o que é e como iniciar seu negócio na internet

Equilíbrio entre trabalho e vida pessoal

Outro desafio no empreendedorismo feminino, é que muitas mulheres têm que conciliar as demandas de suas empresas com responsabilidades familiares e outras obrigações pessoais, o que pode ser um desafio para manter um equilíbrio saudável.

Como apontam dados do Sebrae, mulheres dedicam 17% menos horas no próprio negócio que os homens. Isso porque, chegam a trabalhar 10,5 horas por semana a mais que os homens com afazeres domésticos e com os filhos.

Estereótipos de gênero

As mulheres podem enfrentar preconceitos ligados a estereótipos de gênero no mundo dos negócios. Esses preconceitos afetam a confiança e é preciso muita resiliência e jogo de cintura.

Por exemplo, a crença de que mulheres têm dificuldade para tomar decisões ou liderar e que homens teriam mais aptidão para isso. Isso pode levar a preconceitos sutis ou explícitos, que exigem que a mulher tenha que provar sua capacidade e eficiência.

Leia também: Mulheres na TI: Memória e Perspectiva 

Rede de contatos limitada

Outro desafio para as mulheres empreendedoras é o acesso a redes de contatos e recursos. Isso porque, alguns setores como finanças e tecnologia, por exemplo, ainda tem uma presença predominantemente masculina.

Entretanto, existem muitas iniciativas de conexão entre mulheres e abertura de espaço exclusivo para mulheres, que podem ser importantes na mudança desse cenário, pois incentivam o empreendedorismo feminino.

Desafios de autoconfiança

Levando em consideração fatores socioculturais, algumas mulheres podem ter problemas de autoconfiança e duvidar da sua capacidade como empreendedoras.

Nesse sentido, é importante construir uma rede de apoio e manter o foco no crescimento do negócio, embora possam haver obstáculos.

Equidade salarial e discriminação

Embora tenham grau de escolaridade mais alto, como mencionado anteriormente, as mulheres seguem tendo um salário mais baixo que os homens.

Segundo um estudo realizado pelo Observatório de Negócios do Sebrae SC, em parceria com o Sebrae Delas Mulher de Negócios, a renda familiar mensal média das mulheres empreendedoras é 30% inferior a dos homens empreendedores.

Leia também: Dia Internacional da Mulher Negra: minha trajetória na KingHost

Dicas para mulheres que querem empreender

Agora que você conhece os principais desafios do empreendedorismo feminino, é fundamental compreender que é um compromisso de todos, o trabalho contínuo pela inclusão das mulheres e a busca por uma sociedade mais equitativa.

Para mulheres que desejam empreender, embora existam desafios, existe também um espaço muito valioso a ser conquistado e uma trajetória de sucesso que pode ser facilitada com as dicas a seguir:

1. Identifique sua vocação e suas habilidades

Para iniciar, é importante identificar com o que você gosta de trabalhar, quais seus interesses e habilidades. Por isso, é interessante escolher um nicho de mercado ou uma área em que você tenha conhecimento ou tenha muita disposição para aprender. 

2. Faça uma pesquisa de mercado

Antes de iniciar o negócio, é crucial fazer uma pesquisa de mercado para entender todos os aspectos do cenário, desde concorrência, público-alvo, à tendências.

3. Elabore um plano de negócios

O próximo passo é construir um plano de negócio detalhado. Assim, você vai poder definir seus objetivos, estratégias e caminhos a seguir, facilitando a tomada de decisões.

4. Procure por mentoria

Orientação e mentoria de pessoas experientes no ramo podem fazer toda a diferença. Essas pessoas podem dar insights, conselhos e apoio emocional, o que é de grande valia para quem está começando.

5. Esteja preparada para assumir riscos

No empreendedorismo, é importante estar preparada para assumir riscos. Por isso, quando surgirem os desafios, é preciso ter confiança nas suas habilidades e na sua capacidade de superação.

6. Construa uma rede de apoio

Sua rede de apoio é quem vai oferecer suporte, oportunidades de colaboração e insights para o seu negócio. Então, ela pode ser composta por outras pessoas empreendedoras, mentores, clientes e parceiros.

7. Invista em desenvolvimento pessoal e profissional

Esteja sempre aberta a aprender e se desenvolver, seja por meio de cursos, workshops, leitura ou participação em eventos do setor. O aprendizado contínuo é fundamental para o sucesso como empreendedora.

8. Mantenha um equilíbrio entre trabalho e vida pessoal

Embora não seja uma tarefa fácil, é fundamental ter um tempo para cuidar da sua saúde como um todo. Portanto, tente reservar momentos para se dedicar à sua vida pessoal e evitar o esgotamento.

9. Acredite em si mesma

É imprescindível manter uma mentalidade positiva e ter confiança na sua capacidade de conquistar espaços. Tente trabalhar em você essa disposição para enfrentar desafios e o foco no sucesso. 

10. Não tenha medo de pedir ajuda

Por mais que as mulheres tentem dar conta de tudo, nem sempre é possível. Portanto, não hesite em pedir ajuda e reconhecer que precisa de suporte em alguns momentos.

Se você quer planejar e alcançar metas financeiras de forma prática, pode conferir logo abaixo a aula “Como definir metas sendo prestador de serviços”. Tendo como ministrante Pamela Barbosa, educadora financeira e a mente por trás da @facoascontas, empresa que nasceu para dar poder a empreendedoras.

Como incentivar o empreendedorismo feminino 

Além das dicas para mulheres empreendedoras, é preciso também trabalhar no incentivo ao empreendedorismo feminino. Isso significa promover a igualdade de gênero e criar oportunidades para as mulheres.

Nesse sentido, além do acesso igualitário, é fundamental que existam políticas e programas voltados para mulheres, removendo barreiras e incentivando-as ativamente a ingressarem no empreendedorismo.

Existem alguns programas do governo, voltados ao empreendedorismo feminino. Na página do Sebrae também constam programas de incentivo e apoio ao empreendedorismo feminino no Brasil.

Além disso, outra ação importante é a promoção de modelos de liderança feminina e a divulgação de casos de sucesso de mulheres empreendedoras. Essas histórias vão inspirar outras mulheres e servir como incentivo.

Também  é necessário investir em educação e capacitação para mulheres empreendedoras em todas as etapas da vida, desde a educação infantil até o desenvolvimento profissional. 

Dessa forma, fornecer acesso a programas de educação empreendedora, treinamento em habilidades técnicas e gerenciais e oportunidades de aprendizado ao longo da vida.

Portanto, incentivar o empreendedorismo feminino requer um compromisso coletivo de criar um ambiente que valorize e apoie as mulheres empreendedoras, promovendo oportunidades equitativas para o sucesso empresarial das mulheres.

Leia também: Diversidade nas Empresas: 6 perguntas para quem quer começar 

O que você achou deste conteúdo?

O que você achou deste conteúdo?

foto perfil

Daiane

Daiane Corrente

Analista de Marketing de Conteúdo na KingHost. Bacharel em Publicidade e Propaganda pela UNIJUÍ, com especialização em Marketing pela USP.

Daiane

Daiane Corrente

Analista de Marketing de Conteúdo na KingHost. Bacharel em Publicidade e Propaganda pela UNIJUÍ, com especialização em Marketing pela USP.

Compartilhe esse conteúdo com alguém que possa gostar também

Receba todo mês conteúdos
incríveis como esses para
seguir evoluindo

Conteúdos relacionados

Muitas pessoas acreditam que cuidar de um site é um trabalho complexo. Muitas vezes pode parecer um bicho de 7 cabeças para quem olha de fora. Porém, existem alguns detalhes que, quando bem executados, podem fazer toda a diferença e ainda ajudar a impulsionar a forma com que sua página ou site vai aparecer dentro...
Quantas vezes um problema poderia ser evitado ou uma oportunidade melhor aproveitada se não fosse a famosa “falta de comunicação”. Assim como nas relações pessoais, uma comunicação empresarial eficiente, pode impactar e trazer ótimos resultados. Uma comunicação eficaz não se resume apenas a transmitir informações, mas também a construir relacionamentos sólidos, promover entendimento mútuo e...
Você busca mais eficiência no controle das operações do seu negócio? Então, com certeza, precisa conhecer como um sistema ERP pode te ajudar. E para isso, preparamos esse conteúdo que servirá como guia para pessoas gestoraes e empreendedoraes potencializarem seus resultados e tornarem as rotinas das suas empresas mais produtivas. Venha conosco! O que é...
Conheça algumas estratégias essenciais para registrar da melhor forma as entradas e saídas do seu negócio, minimizando riscos e potencializando resultados. Você, que é  uma pessoa empreendedora, quer saber como fazer o fechamento de caixa corretamente? Então, acompanhe esse conteúdo que preparamos e confira algumas dicas e o passo a passo para executar esse processo...

📅 Aulão GRATUITO 🚀 Como VENDER MAIS na internet 💰

Mensagens para você