☁️ Hospedagem Cloud e VPS - Alta performance para seus projetos com desconto imperdível 💰

Kinghost | Blog

Tipos de VPS: Entenda qual o melhor para sua máquina

Publicado em 25/04/2022

Atualizado em 16/04/2024
homem pardo olhando para o seu computador enquanto compara dos tipos de vps da kinghost

Os tipos de VPS que podem ser encontrados são VPS Linux e VPS Windows, que se diferenciam pelo seu tipo de linguagem de programação.

As funções do Servidor Virtual Privado permanecem sendo as mesmas em ambas as escolhas: proporcionar processamento, memória e um ambiente de testes seguro dentro da sua máquina. 

O que mais vai diferenciar um servidor do outro são as especificações dos sistemas operacionais. 

No caso do Linux, por exemplo, o sistema é com código aberto, sendo mais barato, porém exige o conhecimento de terminologias e comandos para usar com propriedade.

Já o Windows, da Microsoft, tem uma interface amigável e intuitiva, tornando seu preço mais alto, porém proporcionando mais facilidade de adaptação. 

Agora que você já conheceu, ou relembrou, os tipos de VPS, chegou o momento de aprofundar esse tema. Continue acompanhando o conteúdo ou escolha abaixo para qual parte deseja ir. 

O que vai encontrar sobre VPS:

Vantagens e desvantagens dos tipos de VPS
Servidor VPS Brasil: Vale a pena ou não?
O que mais muda de um tipo de VPS para o outro?
Configuração ideal da máquina para ter um servidor VPS
O que considerar para comprar um servidor VPS?

Vantagens e desvantagens dos tipos de VPS

O servidor VPS sempre vai ser um bom investimento para realização de testes, potencializar a performance da máquina ou, até mesmo, aprimorar o conhecimento sobre servidores. 

Mas, quando existe uma variedade de qualquer produto, é interessante saber suas diferenças e qual modelo é mais indicado para o que você procura. 

Pensando nisso, construímos o quadro abaixo que compara a configuração e a usabilidade do VPS Linux e Windows. Confira!

LinuxWindows
VantagensNão depende de licenciamento de software. Recursos facilitados, interface amigável e intuitiva. Não precisa de conhecimento técnico.
DesvantagensPrecisa ter conhecimento técnico específico.Você paga pela permissão de uso, por ser um produto da Microsoft. 
CódigoCódigo abertoCódigo fechado 
DistribuiçãoUbuntu, CentOS, Debius, Fedora e ScientificWindows Datacenter
Acesso Acesso Root, remoto por SSH (Secure Shell) apenas inserindo o código de acesso de um ambiente virtual.Console web, Painel KingHost ou pelo terminal remoto, via RDP.
Linguagens Compatibilidade com linguagens PHP. Linguagens de programação exclusivas da Microsoft e compatibilidade com SQL Server e Access.
PainelCompatível com cPanel e Painel KingHost. Apenas painéis pagos, como o Azure ou Plesk.

Independente de qual deles você escolher, o rendimento do servidor vai ser o mesmo dentro da sua máquina. O que mais vai fazer diferença, é a maneira como você vai configurar e a localização do servidor. 

Quando um servidor internacional é usado, o tempo de resposta tende a ser muito maior, tornando a usabilidade menos ágil. Mas, se for nacional, a latência será maior, logo, terá mais rapidez. 

Leia também: 

Como escolher uma hospedagem VPS? 

Como medir a performance de um Servidor VPS?

Servidor VPS Brasil: Vale a pena ou não?

Sim, vale muito a pena! Os tipos de VPS, seja lá qual você escolher, vão performar melhor quando servidor for nacional, no Brasil. 

Em qualquer serviço em que a estrutura for nacional, a latência será menor, ou seja, o tempo de resposta será poucos segundos, e ainda vai contar com mais estabilidade por simples fator: a localização próxima ao servidor.   

Além da infraestrutura mais concisa, o preço também acaba sendo um benefício porque você paga em real, sem precisar se preocupar cada vez que o dólar sofrer uma alteração. 

Contratando um VPS no Brasil sua máquina vai ter a mesma qualidade com um custo benefício muito melhor. 

O que mais muda de um tipo de VPS para o outro?

Dentre os tipos de VPS o que mais vai mudar é o acesso root, responsável por fazer a administração do sistema. 

Isso significa que pode haver uma variação de controle no servidor conforme o local e o plano contratado. Se você quer controlar e administrar tudo, fique ligado nesse detalhe que vai fazer toda a diferença, especialmente em projetos robustos. 

Outra coisa que vale prestar atenção é o acesso SSH (Secure Socket Shell), que também faz o gerenciamento do sistema, mas de forma remota, longe da máquina ou do servidor de acesso. 

Toda a interface desse acesso é feita por texto, usada para criar o acesso Shell remoto, para executar comandos e fazer a ligação entre o computador, site ou servidor. 

Por ser um acesso bem popular no universo de VPS, vamos falar sobre o padrão de SSH, descrito como ssh {user}@{host}, e dividido em três partes, sendo elas: 

  • ssh: indicação do comando responsável pela comunicação do sistema para abrir uma conexão criptografada e segura;
  • {user}: conta que deseja se conectar remotamente como usuário root (raiz). Nesse momento já é possível ter autonomia em todo o sistema;
  • {host}: máquina que está precisando do acesso. Precisa da inserção do número de IP ou nome de domínio específico. 

É indispensável esse tipo de configuração e, ao terminar, clique em ENTER para prosseguir.

Leia também:
Como configurar Servidor VPS na KingHost?
Servidor VPS: Como Funciona e Quais as Principais Características
Cloud ou VPS: Qual Servidor em Nuvem Usar?

E qual a configuração ideal da máquina para ter um servidor VPS?

Para os tipos de VPS, tanto Linux quanto Windows, é recomendada uma máquina que tenha, pelo menos, um processador Intel Xeon E5-2630 V4, Clock com frequência de 2,2 GHz e Banda / throughput de rede: 50Mbit/s. 

A configuração pode ser diferente do que recomendamos, sem problema algum, desde que isso não impeça o desempenho do seu projeto. 

Algumas empresas ainda podem mencionar outras características, mas a dica é entender o que você precisa. 

O que considerar para comprar um servidor VPS?

Sempre que você quiser investir nesse produto, primeiramente, entenda qual o tipo de VPS é mais interessante para a sua máquina, a localização (nacional ou internacional), a segurança ofertada, o acesso root e o tipo de painel

Esses pontos vão dar mais agilidade no funcionamento do servidor e autonomia para realizar a configuração, que são requisitos essenciais para um VPS.

Outro ponto a ser notado, é a periodicidade do plano e a moeda da cobrança, que vai de encontro a localização, como já foi falado acima. Sendo assim, para contratar servidor VPS leve em conta:

  • Data Centers no Brasil;
  • Cobrança em real;
  • Segurança;
  • Painel gerenciável;
  • Desempenho;
  • Acesso Root;
  • Planos acessíveis e com variedade na periodicidade.

Todos esses pontos farão muita diferença no desempenho da máquina e na manutenção, já que irão facilitar ambas as partes. 

E o segredo para ter sucesso no seu projeto é encontrar uma empresa que ofereça tudo o que for necessário para ter um bom uso do VPS. 

Na KingHost você encontra essas e outras vantagens pensadas em melhorar a performance do seu site. Clique no banner abaixo e conheça mais detalhes.

banner-promo-vps

O que você achou deste conteúdo?

O que você achou deste conteúdo?

Redação KingHost

Redação KingHost

Somos uma empresa de soluções digitais, especialistas em simplificar o uso da tecnologia e referência em hospedagem de site.

Redação KingHost

Redação KingHost

Somos uma empresa de soluções digitais, especialistas em simplificar o uso da tecnologia e referência em hospedagem de site.

Compartilhe esse conteúdo com alguém que possa gostar também

Receba todo mês conteúdos
incríveis como esses para
seguir evoluindo

Conteúdos relacionados

Se você procura alta performance, autonomia e baixo custo, o VPS Linux se encaixa perfeitamente aos requisitos.  Agora, se ainda tem dúvidas e quer entender melhor sobre os usos e vantagens desse tipo de serviço, você está no lugar certo. Neste artigo, vamos esclarecer as principais dúvidas e te auxiliar na melhor escolha para seu...
Quando pensamos em uma loja física, a primeira imagem que nos vêm à cabeça é a de uma vitrine, não é mesmo? Afinal, ela é cartão de visitas do seu estabelecimento e, com uma vitrine virtual, não é diferente.  Isso porque, a vitrine virtual é a entrada do seu estabelecimento online. Assim, nada mais justo...
O Servidor cloud no Brasil acompanha a tendência mundial e já se tornou a melhor alternativa para quem busca uma infraestrutura mais robusta para diversos serviços.  Isso porque ele permite a hospedagem de sites, rodar aplicativos e até mesmo analisar dados financeiros. Além disso, a expectativa de especialistas da área é que este tipo de...

📅 Aulão GRATUITO 🚀 Como VENDER MAIS na internet 💰

Mensagens para você