Saiba como migrar o seu Magento


Colaborador: Jonathan Resende | Analista de Suporte

Preparamos um tutorial para mostrar para você como fazer a migração do seu Magento.

Processos de migração de um Magento

Dados necessários no host de origem:

FTP -> host, usuário e senha;

Banco de dados MySQL -> link do SGBD (phpMyAdmin), nome do banco, usuário e senha.

Realizando o backup do seu Magento:

1) FTP

Acesse o FTP no host de origem e localize a pasta raiz do seu site (normalmente é public_html, http_docs, www, Web, entre outras), copie a mesma para o seu computador, utilizando um gerenciador de FTP (FileZilla, CuteFTP).

Acesse o FTP no host de origem e localize a pasta raiz do seu site

 

 

 

 

 

 

2) MySQL

Realizar o backup do banco de dados através do painel de controle diretamente é mais rápido. O outro caminho é realizar diretamente no gerenciador web (PHPMyAdmin).

Como realizar o backup através do PHPMyAdmin:

– Acesse o link do PHPMyAdmin.

– Realize o acesso com o usuário e senha da base de dados.

Acesse o link do PHPMyAdmin

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Clique sobre o nome do banco de dados.

Clique sobre o nome do banco de dados.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Acesse a função “Exportar”.

Acesse a função Exportar

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Em exportar:

*1º clique sobre “Selecionar todos” ao lado esquerdo, para que todas as tabelas fiquem marcadas. Nas tabelas tem de estar marcado SQL.

*2º Em Enviado, essa opção deve estar preenchida. No modo de compressão, temos 4 opções: se você utilizar “nenhum”, será enviado o backup do banco em formato .SQL diretamente. As demais opções envia no formato especificado compactado.

*3º Clique em “Executar” no menu inferior laranja.

Acesse a função Exportar

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Após isso, será gerado seu backup e você terá a opção de salvar em sua máquina local. Seu backup do Magento já se encontra em sua máquina caso não tenha gerado nenhum erro.

 

Como realizar a importação de seu Magento na KingHost

FTP:

Você acessa o FTP com o host alternativo na KingHost, pois o endereço principal estará apontando a outro host no momento. O Host alternativo você encontra na opção “Gerenciar/Editar FTP” no painel de controle.

importação de seu Magento na KingHost

 

 

 

importação de seu Magento na KingHost

 

 

 

 

 

importação de seu Magento na KingHost

 

 

 

 

 

 

 

Após acessar o FTP, você irá identificar  uma pasta chamada www. Essa é a principal na KingHost. Você pode renomeá-la ou então excluí-la caso não tenha qualquer arquivo de seu interesse.

Após acessar o FTP, irá identificar que tem uma pasta chamada www

 

 

 

 

 

 

 

Envie a pasta principal (nesse caso no host de origem era a httpdocs). Confira antes se não ocorreu qualquer falha na transferência. Caso ocorra, reenvie os arquivos e, após concluir tudo com sucesso, renomeie a pasta para www.

renomeie a pasta para www

 

 

 

 

 

 

renomeie a pasta para www

 

 

 

 

 

 

 

Banco de dados:

Primeiro você precisa realizar a criação de base de dados. Para isso, você terá de acessar no painel de controle KingHost a opção “Gerenciar Bancos MySQL”.

clique em Gerenciar Bancos MySQL

 

 

 

 

 

 

 

Gerenciar Bancos MySQL

 

 

 

 

Acessar a opção Criar.

acesse a opção Criar

 

 

 

 

 

 

Acessar a opção Criar.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Definir a senha, confirmá-la e clicar em criar a base de dados.

Definir a senha, confirmá-la e clicar em criar a base de dados.

 

 

 

 

 

Ao atualizar a página, aparecerá a sua base de dados, as informações e opções relativa na tela. Para importá-lo na KingHost é muito simples: basta ir na opção Importar base de dados (painel 1) ou Importar (painel 2).

Importar base de dados

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Importar base de dados

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Clique na opção “selecionar arquivo” e na janela que abrir, selecione o arquivo .SQL de backup do qual você efetuou do host de origem. Após defini-lo, clique em “enviar/importar banco de dados”. O navegador ficará importando a base. Enquanto não aparecer a resposta, não feche ou clique em outra opção do painel, espere a resposta da importação,que mostrará “Base importada com sucesso”, caso o backup esteja correto.

Base importada com sucesso

 

 

 

Nesse momento, já temos os arquivos e base de dados importados na KingHost, porém seu site ainda não se conecta com o banco de dados. Para configurar essa parte, você precisa editar o arquivo local.xml que se encontra na pasta app/etc onde está instalado seu Magento. Nesse arquivo, normalmente está definido nas linhas 43 a 46 os dados de acesso (ou próximo as mesmos), que estará da seguinte forma:

<host><![CDATA[HOSTDECONEXAO]]></host>

<username><![CDATA[USUARIODABASEDEDADOS]]></username>

<password><![CDATA[SENHADABASEDEDADOS]]></password>

<dbname><![CDATA[NOMEDABASEDEDADOS]]></dbname>

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Esses dados você encontra no painel de controle, na opção “Gerenciar Bancos MySQL”, exceto a senha. Caso você não lembre qual senha escolheu, pode alterá-la no ícone que é uma chave dourada. Nesse arquivo, somente edite os campos entre as últimas aspas:

<host><![CDATA[mysql.exemplo.com.br]]></host>

<username><![CDATA[exemplo17]]></username>

<password><![CDATA[1c0642ds45616af]]></password>

<dbname><![CDATA[exemplo17]]></dbname>

 

 

 

Após realizar esse ajuste e salvar o arquivo no FTP, pelo fato do Magento trabalhar com uma URL Base, todos links apontarão para o endereço principal. Sendo assim, o alternativo o redirecionará para o endereço principal. Recomendamos que realize a troca de DNS e realize a verificação após propagação, caso ocorra alguma dificuldade, recomendamos que retorne os DNS’s e realize a abertura de um ticket de suporte a equipe de migração da KingHost, para que estes lhe auxiliem no processo de migração.

 

 

 

 

 

 

 

 

OBS: O Magento não trabalha por padrão com caminhos físicos. Portanto se houver alguma extensão/modulo/plugin/componente que tenha o mesmo, será necessário que seja realizado o ajuste nos scripts e/ou banco de dados. Recomendamos que antes da migração você desative a página, para que enquanto realize a migração, não ocorra alterações/inserções de arquivos ou dados dentro da base de dados, caso contrário ficará desatualizado após alteração dos DNS’s.

Comentários

comentário(s)

+ There are no comments

Add yours