Aula 1 – Especialidade: qualificação é mais importante do que diversidade


Quem busca o mercado de afiliados como uma opção deve saber que esse é um ramo ideal para pessoas proativas e determinadas. Afinal, todo lucro gerado irá depender do seu sucesso em indicar os produtos e serviços aos quais você se filiou para o público certo e da melhor maneira possível.

Quando o assunto é gerar uma estratégia de afiliados de sucesso, temos três ideias principais para compreender e colocar em prática:

  1. Identificar o público ideal para o produto que você está indicando.
  2. Conhecer em profundidade o mercado que você está atendendo.
  3. Entender quais as mídias e argumentos que terão maior impacto junto ao público-alvo.

Dica: leia até o fim da página para entender como colocar em prática esses três passos.

Ao atender um segmento específico de mercado você poderá focar seus esforços e ter uma comunicação muito mais efetiva com o seu público.

É comum que as pessoas, especialmente as que estão entrando no mercado de afiliados, na tentativa de maximizar seus lucros, saiam aderindo a uma grande gama de programas completamente diferentes entre si, com serviços ou produtos completamente diversificados. Algo a evitar, pois além de dispersar muito a atenção de quem busca pelos produtos, fica impossível ser reconhecido como referência em alguma das áreas que você indica.

É melhor escolher e se especializar em uma área de atuação

Ao atender um segmento específico de mercado você poderá focar seus esforços e ter uma comunicação muito mais efetiva com o seu público. Alguns exemplos dos benefícios de escolher uma especialidade? Um dos principais é a possibilidade de estudar e entender em profundidade os assuntos que cercam o produto que você vende e assim se tornar referência na área. Ao conhecer bem a área e se tornar referência, ficará muito mais fácil se destacar na web, seja através das redes sociais, site, blog, email, landing pages ou busca paga.

Você não pode começar a escolher a sua especialidade sem antes saber quem serão seus clientes. Afinal, você irá criar a divulgação dos produtos para essas pessoas.

Conheça o programa de afiliados da KingHost: você ganha ao indicar a qualidade e a infraestrutura de quem hospeda mais de 300 mil sites.

Quais critérios levar em consideração ao escolher a sua especialidade

Você pode utilizar três possíveis caminhos para pensar sobre isso. No primeiro, você escolhe uma especialidade por pura afinidade. Caso você seja um especialista em certa área, poderá utilizar seus conhecimentos já adquiridos para impulsionar suas indicações sem a necessidade de trabalho extra para aprender sobre uma área nova. Outra maneira de escolher os produtos com os quais irá trabalhar é a partir do ponto de vista do retorno, ou seja, do potencial de rentabilidade que a área tem. Se optar por esse método, saiba que terá que despender uma energia grande estudando assuntos que talvez não sejam do seu interesse genuíno e isso pode dificultar bastante o processo. Certamente a 3ª opção é a mais indicada, coloque esses dois pontos em cheque, escolhendo uma área que combine um bom rendimento e que também seja do universo de interesses que fazem parte do seu dia a dia.

Pesquise o público

Você não pode começar a escolher a sua especialidade sem antes saber quem serão seus clientes. Afinal, você irá criar a divulgação dos produtos para essas pessoas. O seu conhecimento sobre os problemas enfrentados por esse público no dia a dia irá impactar em decisões futuras, relacionadas por exemplo ao seu site, landing pages e outras estratégias de marketing digital.

O ideal é escolher uma especialidade em que haja alta demanda, mas onde a concorrência é razoavelmente baixa, com espaço para você competir.

Pesquise palavras-chave

Uma forma eficaz de conhecer as dores do seu público é pesquisando os termos que eles utilizam no Google para responder às questões que surgem, mais do que utilizar esses dados para produzir conteúdos relacionados e ganhar os cliques desse público, você pode utilizar essa informação para identificar outras informações importantes do mercado. Por exemplo, quantas pesquisas mensais tem determinada palavra-chave? Como está a concorrência para determinado termo? Qual o custo por clique para esta palavra-chave? Essas informações indicam a demanda existente em determinada área do mercado. Existem várias ferramentas de pesquisa de palavras-chave, mas uma das melhores entre as gratuitas é o Keyword Planning do Google.

O ideal é escolher uma especialidade em que haja alta demanda, mas onde a concorrência é razoavelmente baixa, com espaço para você competir. Talvez seja bom repensar se você estiver entrando em um mercado onde já existam grandes afiliados dominando as vendas, da mesma forma, mercados com grande saturação, onde há afiliados em qualquer esquina talvez não valem o seu esforço.

Outra ferramenta útil para medir o quanto determinado produto é promissor é o Google Trends. Afinal, você vai querer ter certeza de que está investindo em algo que vai continuar a trazer dinheiro à medida que o tempo avança. Esta ferramenta vai mostrar a você como uma determinada indústria está agora, no passado e no futuro próximo. Se o mercado tem apresentado crescimento, ainda que lento, investir nele é uma escolha inteligente. No entanto, para um mercado que atingiu seu pico há anos atrás e está em declínio em popularidade, o melhor é não perder seu tempo.

Pesquise a rentabilidade

Depois de ter encontrado o seu público-alvo você precisa descobrir quais produtos com melhor retorno de investimento para oferecer a eles. Após pesquisar por programas de afiliados na especialidade que você tem interesse, além de conhecer os tipos de comissão e benefícios proporcionados, o que você realmente precisa saber é se esses produtos irão vender com facilidade. Para compreender o movimento do mercado, nada melhor que voltar sua pesquisa novamente ao Google Adwords e Google Trends.

Você vai pesquisar mais uma vez por volume de busca, competição e o custo por clique, agora relacionados ao produto que você está pensando em indicar como afiliado. Se um produto é lucrativo, você provavelmente vai ter uma competição expressiva. Porém, estando o mercado em ascensão você terá plena condição de se destacar na multidão, especialmente se seguir os passos que iremos mostrar nesse curso nas próximas aulas.

Escolher um mercado de afiliados para atuar exige pesquisa e trabalho, mas toda esse esforço se pagará em dobro quando as vendas começarem a acontecer e suas comissões começarem a entrar na sua conta bancária.

Comprometa-se com uma comunicação eficaz

Para executar um programa de afiliados que traga resultados, você precisa se certificar de ter uma comunicação direcionada. Para cada mídia que você pensa em utilizar, lembre-se de segmentar seus canais por assuntos específicos. Se você tentar apresentar dois ou mais produtos diferentes em um mesmo ambiente pode acabar passando uma imagem pouco profissional. Mais adiante no curso, iremos ensinar como utilizar de modo efetivo marketing de conteúdo, canais sociais, email marketing e mídia paga para impulsionar seu negócio.

Nesta primeira aula, você viu que para se destacar no mercado de afiliados é muito importante:

    • Conhecer em profundidade o público que será atendido pelo produto que você irá indicar.
    • Para se destacar, é preciso entender a área na qual você estará atuando.
    • Utilizar as mídias de forma segmentada, com uma mensagem clara focando um público específico.
    • Os critérios para escolher um mercado de atuação vão além apenas da rentabilidade ou da afinidade com a área, deve-se somar e levar em conta os vários aspectos utilizando ferramentas próprias para ajudar na tomada de decisão.
    • Pesquisas de público, interesses e mercado podem ser realizadas através de ferramentas gratuitas.

Faça o cadastro gatuito no nosso Programa de Afiliados e ganhe até R$70,00 por venda realizada através do seu link personalizado!

Exercício:

Levando em conta o mercado de afiliados, para encontrar uma área ideal de atuação e destacar-se atuando nela, responda às seguintes perguntas:

  1. Você consegue identificar com clareza um problema para o qual o produto que você indicaria poderia solucionar?
  2. Esse é um problema com o qual as pessoas estão tendo que lidar cada vez mais? Ou é algo que muitas pessoas já nem veem como algo a se preocupar?
  3. Você se sente confortável indicando tal produto/serviço? É algo legal, ético e que você atesta a qualidade?
  4. Existe demanda suficiente com base em volumes de pesquisa de palavras-chave?
  5. Seu público-alvo é fácil de encontrar? Faça um levantamento e liste blogs, sites, fóruns e perfis de redes sociais em que o seu público está.
  6. Olhe o mercado e confira seus competidores. Estes produtos vendem bastante online ou são normalmente comprados localmente? Existem mais de um produto relacionado que você pode vender na sequência e repetir o potencial de vendas?
  7. O que seus competidores estão fazendo para se diferenciar? Você pode oferecer algo único, diferente ou melhor do que eles?
  8. Qual seu nível de interesse ou paixão na especialidade? Você está preparado para criar conteúdo que as pessoas queiram ler?
  9. Você pode pensar em pelo menos 15 ideias de tópicos ou temas que envolvem os problemas do seu público-alvo e o produto que está oferecendo?

Se, em geral, as respostas forem positivas, prestando atenção maior à demanda, ao tráfego, à competição e aos produtos disponíveis, você pode ir adiante e entrar com tudo no mercado de afiliados.

Nos vemos na próxima lição!

Navegue nas demais aulas do curso:

Aula 1 – Especialidade: qualificação é mais importante do que diversidade
Aula 2 – Landing page: acertando o alvo!
Aula 3 – Conteúdo: posicionando-se como referência
Aula 4 – Email Marketing: conteúdo também é relacionamento
Aula 5 – Social Media: canais como ferramentas de negócio
Aula 6 – Adwords: fonte de tráfego e conversão
Aula 7 – De olho no lucro: uma estratégia para promover os produtos de afiliados
Aula 8 – Mobile: esteja preparado para a era mobile
Aula 9 – Datas especiais: aproveite o poder do calendário
Aula 10 – Boca a boca: não esqueça de quem está a sua volta

Leonéia Evangelista

é bacharel em Comunicação Digital pela Unisinos e mestre em Bibliotecas Digitais pelo programa Digital Library Learning (Erasmus Mundus). Trabalha com web há mais de 8 anos e atualmente cursa MBA em Marketing Estratégico.
Leonéia Evangelista

Comentários

comentário(s)