Como usar Google Analytics: passo a passo para iniciantes


Já falamos algumas vezes aqui no blog que medir resultados é imprescindível para o seu negócio. Afinal, é assim que conseguimos mensurar a evolução do site, a performance de ações de marketing e muito mais. O Google Analytics é uma das ferramentas líderes de mercado em soluções de monitoramento para web analytics, embora não seja a única. Que tal aprender como usar Google Analytics e monitorar a performance do seu site?

A verdade é que, primeiro, precisamos desmistificar a coleta de análise de dados. Muitas vezes já escutei frases como “Mas eu nem sei por onde começar, são tantos dados que chego a ficar tonto”. Entretanto, não é preciso entrar em pânico. Com o tempo você vai se familiarizando com as métricas e tudo se torna mais fácil. E, para ajudá-lo a começar a usar essa ferramenta, separamos 5 passos para configurar e você saber como usar Google Analytics.

Passo 1: Criar sua conta no Google Analytics

Para começar a entender como usar Google Analytics, você deve criar a sua conta será necessário ter uma conta Google. Aqui a grande dica é usar um email que você costume acessar. Isto porque eventualmente algumas notificações serão enviadas e será importante que você as confira. Posteriormente você também poderá dar acesso ao Google Analytics para outros usuários.

Então vamos lá! Após fazer o login com a sua Conta Google, acesse o site da ferramenta e prossiga com a configuração da sua conta. Em seguida, você precisará especificar se está criando uma conta para monitorar um Website ou um Aplicativo para dispositivos móveis.

Você ainda terá que criar um nome para a sua conta, especificar a URL do seu site e o setor de atuação. E muita atenção na hora de especificar o país e o fuso horário, por padrão temos os Estados Unidos, mas é importante colocar a informação correta porque isso irá garantir fidelidade nos dados relacionados ao comportamento dos usuários no seu site.

Passo 2: Instalar o código de acompanhamento

Após aceitar os termos de serviço, você receberá a tag de site global, a gtag. Ela é a responsável por fazer a comunicação do seu site com o Google Analytics e enviar os dados para a ferramenta de monitoramento. Com ela funcionando corretamente, as informações mostrarão o comportamento das pessoas no seu site, suas origens de tráfego e muito mais. Cada conta recebe uma tag com um Id de Acompanhamento específico, que começa com “UA-”, seguindo o exemplo abaixo:

como usar google analytics

Existem basicamente duas formas de instalar a sua tag de acompanhamento do Google Analytics: a primeira é adicioná-la diretamente na seção <head> em todas as páginas do seu site. Além de adicionar a tag, você também precisará enviar alguns parâmetros para criar suas metas na plataforma e essa é a desvantagem deste método. Se você não possui conhecimento técnico para fazer esse tipo de adição diretamente no código do seu site, precisará da ajuda de um profissional da área.

A segunda forma é através do Google Tag Manager. Esta é uma ferramenta que permite que você gerencie todas as tags do site, crie eventos, metas e muito mais sem precisar mexer no código do seu site. Além disso, você deverá utilizá-la para gerenciar todas as tags do seu site, como o Pixel do Facebook, pixels de outros parceiros e por aí vai. A vantagem é que você não precisará de alguém para fazer essas mudanças e, além disso, a gestão de tags, eventos e metas se torna muito mais fácil e organizada já que você não precisa fazer alterações diretamente no código do seu site. Outro ponto importante nesse processo de como usar Google Analytics, é que antes de publicar as alterações você pode utilizar um modo de visualização para testar as suas tags. Por outro lado, será necessário envolvimento para entender o funcionamento da ferramenta e criar as suas tags. Mas, uma vez entendido, você economiza bastante tempo e, muitas vezes, dinheiro também.

Escolhido o método, adicione o Código de Acompanhamento em todas as páginas do seu site. O próximo passo será conferir se a Tag está funcionando corretamente, então confira o nosso terceiro passo.

Passo 3: Utilize o Google Tag Assistant para conferir a sua Tag

Chegamos no 3º passo para entender como usar Google Analytics e aqui vai uma preciosa dica: tão importante quanto instalar a Tag no seu site é garantir que ela funcione corretamente. Muitas vezes a gtag é inserida no site, seja diretamente ou através do Google Tag Manager, mas não é testada, o Analytics acaba sendo esquecido e você só descobre que ela não estava funcionando corretamente quando precisa analisar os dados. Por isso, logo após a adição da tag no seu site, utilize o Google Tag Assistant para Google Chrome e tenha certeza de que está tudo bem.

Como se trata de uma extensão para o Google Chrome, ela está sempre à mão e acaba se tornando bem prática. Sua utilização é bem simples, basta clicar no seu ícone e habilitá-la:

como usar google analytics

Em seguida, você só precisará carregar a página que deseja analisar e a ferramenta mostrará quais tags estão ativas no site e funcionando corretamente no site e se existe algum erro, como mostramos abaixo:

como usar google analytics

Passo 4: Configurações da vista da propriedade e gerenciamento de usuários

Depois de instalar a tag de acompanhamento do seu Google Analytics no site, é hora de fazer a configuração da vista da propriedade. Você pode acessar essa parte clicando em administrador > configurações da vista da propriedade:

como usar google analytics

A vista da propriedade serve basicamente para você decidir quais informações daquela propriedade quer ver em uma segmentação.

Por exemplo, você pode ter em uma mesma propriedade uma vista sem filtros que mostra todos os dados e uma vista com somente dados de uma parte do seu site como um subdomínio específico.

O ideal é sempre manter uma vista com todos os dados do seu site, sem nenhum filtro e criar vistas novas de acordo com os subconjuntos de dados que você quer visualizar. Isto garante a integridade dos dados e que você sempre terá um parâmetro do total para comparar.

No submenu de configurações da vista da propriedade você pode criar os filtros que desejar e, ainda, alterar informações como país, território, moeda e etc. Além disso, aqui vai uma dica importante: ative o acompanhamento de pesquisa no site, assim você poderá ver informações das pesquisas internas que os usuários fazem no seu site.

Também não se esqueça de dar acesso aos usuários que precisarem visualizar os dados do seu site. Basta você escolher se quer dar acesso a nível de Conta, Propriedade ou Vista, cliente no menu de gerenciamento correspondente:

Em seguida, você precisará escolher o nível de acesso que quer conceder:

  • Edição: permite criar e editar contas, propriedades, vistas, filtros, metas, enfim. É o acesso de gerenciamento mais completo da ferramenta.
  • Colaboração: permite criar e editar recursos compartilhados como painéis e anotações, mas não pode alterar a “estrutura” do seu Google Analytics.
  • Leitura e análise: permite consulta de dados, mas nenhuma alteração.

Em todos os níveis de acesso é facultativa a permissão de gerenciamento de usuários. Então se você não quiser dar acesso de edição, mas quer que o usuário possa adicionar novas pessoas com o mesmo nível de acesso ou inferior ao dele, é possível. O usuário que tiver acesso concedido receberá um email para confirmar o convite e, a partir daí, poderá ver os dados do seu site.

Tudo bem até aqui? Bom, vamos partir para o próximo passo de como usar Google Analytics.

Passo 5: Criação das metas e configuração do módulo de e-commerce

Não basta ter somente os dados de acesso dos usuários no seu site para dominar a arte de como usar Google Analytics, é preciso também mensurar ações que são importante para você.

Seja o preenchimento de um formulário de contato, manifestação de interesse por algum produto ou até uma venda. Inclusive, se você tiver um e-commerce ative o módulo de e-commerce do seu Google Analytics e veja os dados de venda captada diretamente na ferramenta. Isso faz com que você possa criar o seu funil de vendas e entender a taxa de conversão do seu site, o seu custo por conversão e etc.

A configuração do módulo de e-commerce deve ser feita no nível de vista da propriedade. Dessa forma, caso você tenha diversas vistas de propriedade para o seu e-commerce, precisará fazer a ativação em cada um delas. Além da ativação do módulo, você também precisará enviar alguns parâmetros no código do seu site que dirão para o Google Analytics qual produto foi vendido, qual foi o preço, quantidade, SKU do produto e etc.

Já a criação das metas dependerá da forma como você instalou o código do Google Analytics. Se ele foi feito diretamente na seção <head> do seu site, você precisará criá-las diretamente no seu site. Entretanto, se você tiver utilizado o Google Tag Manager, bastante criar as metas através do seu gerenciador de tags e ele mesmo se encarregará de enviar os dados para o Analytics. Ah, não se esqueça de utilizar o modo de visualização do Tag Manager para testar suas tags antes de publicá-las e ter certeza de que estão funcionando corretamente.

Bônus – Passo 6: Não esqueça de integrar o seu Google Analytics e ativar o remarketing

Muito importante: se você utiliza ou pretende começar a utilizar o Google Ads, não se esqueça de fazer a integração entre as ferramentas. Basta clicar no item “vinculação do Google Ads” no nível de propriedade do seu Analytics. O procedimento também deve ser feito caso você utilize o Google AdSense ou o AdExchange.

Outra coisa muito importante: ative o remarketing criando o seu primeiro público-alvo. Afinal de contas, você nunca sabe o futuro, talvez daqui algum tempo resolva fazer uma estratégia de anúncios e queira veicular o remarketing para pessoas que visitaram o seu site. Dessa forma, faça a ativação logo na criação da conta e já tenha os dados prontos para quando precisar.

E agora, qual o próximo passo?

Agora sim, você já sabe como usar Google Analytics. Com certeza a ferramenta possui uma infinidade de possibilidades de configuração e otimização de acordo com o seu negócio e esses são apenas os primeiros passos para começar a sua estratégia de mensuração. Então, inicie hoje mesmo!

Você pode, por exemplo:

Caso queira um help extra em soluções para você alcançar o sucesso de forma mais assertiva. Clique no banner abaixo e fale com um dos nossos especialistas!

Como usar Google Analytics

Aproveite e leia também sobre a Importância da Performance em Projetos Web6 Ferramentas para análise de comportamento dos usuários do seu site. Podem ser conteúdos que irão você na busca pelo sucesso do seu projeto.

Quer descobrir mais sobre marketing e performance? Acompanhe o Lab da KingHost.

Amanda Gonçalves

Analista de Performance em KingHost
Bacharela em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda pela URFGS, fascinada por empreendedorismo, marketing digital, inovação e tecnologia. Adora descobrir novas coisas e é viciada em séries.
Amanda Gonçalves
Resumo
Como usar Google Analytics: veja um passo a passo para iniciantes
Nome do Artigo
Como usar Google Analytics: veja um passo a passo para iniciantes
Descrição
Material voltado às pessoas que querem saber como usar Google Analytics e aproveitar das vantagens dessa poderosa e indispensável ferramenta.
Autor
Nome
KingHost
Logo

Comentários

comentário(s)