O que é SEO: um guia para iniciantes


SEO é a sigla para Search Engine Optimization, que podemos traduzir como Otimização para os Mecanismos de Busca. Como mecanismo de busca consideramos, principalmente, o Google. Agora você já tem uma primeira ideia de o que é SEO.

Está sem tempo para ler o conteúdo? Clique no play abaixo e ouça na íntegra.

Quando você faz uma busca no Google, por qualquer coisa, resultados irão aparecer na tela, conforme exemplo abaixo. O primeiros quatro resultados são pagos, ou seja, são anúncios do Google Adwords, também conhecidos como Links Patrocinados. O restante dos resultados são orgânicos e gratuitos. Por isso utilizamos o SEO, para garantir um bom posicionamento na página dos resultados de busca.

primeiros-oito-resultados-de-busca

Tem uma frase excelente que diz:

“o melhor lugar para esconder um corpo é a segunda página de resultados do Google”.

E é por isso que você precisa entender o que é SEO e como aplicá-lo. Quanto maior for a posição, ou seja, quanto mais distante dos olhos do usuário, menor será o seu volume de acessos e, consequentemente, menos conversões você terá. Seja qual for o objetivo do seu negócio, é importante atrair o potencial consumidor para dentro do seu site.

Como o Google funciona

Você já sabe que o Google apresenta os resultados pagos e os resultados orgânicos. O resultados pagos funcionam através de lances de leilão, na plataforma do Adwords e esse é um papo para outro artigo. Já os resultados orgânicos são os influenciados por todas estas questões de SEO.

Imagina que você aborda alguém na rua para perguntar como chegar num lugar específico. Normalmente ela para, pensa e tenta te explicar da melhor forma possível para garantir que você chegará no destino desejado. É mais ou menos isso que o Google faz.

Para te entregar o melhor resultado, existe um algoritmo que leva em consideração mais de 200 fatores. Através do Google Bot (um robô), ele rastreia todos os conteúdos disponíveis na web para indexação.

SEO on-page ou off-page

Podemos dizer que existem duas vertentes: on-page e off-page. Não vou me aprofundar tanto nesses conceitos, mas é importante entender que existem duas formas fundamentais de aplicar as otimizações.

On-page

Otimizações on-page são aquelas feitas no próprio site. São, em geral, ajustes de tags e afins, além do conteúdo, que é fundamental. Veja alguns pontos importantes:

  • Palavras-chave: antes de de desenvolver o seu conteúdo, pense no que você está falando e qual a palavra-chave, o termo mais adequado para isso. Existem ferramentas de seo que te auxiliam nessa busca, garantindo que você identifique aquilo que o usuário busca de fato;
  • Conteúdo: você precisa elaborar um conteúdo de qualidade e o recomendado é, no mínimo, 1000 palavras. É importante responder à pergunta do usuário em detalhes e trazer informações relevantes;
  • Title e meta description: todas as páginas de um site devem ter um título só dela e uma descrição. Se for uma página de um produto, por exemplo, você deve pensar num título que diga o que é o seu produto, por isso pesquise a palavra-chave ideal para ele e, na descrição, você pode incluir informações extras. Fique atento porque o padrão é de 155 caracteres. Veja exemplo abaixo de title e meta description.

exemplo-title-e-meta-description

  • URLs amigáveis: sabe aquelas URLs cheia de números e sinais de pontuação? Evite-as. Elas não são amigáveis, pois são de difícil compreensão e não tem relação com a palavra-chave e o conteúdo da página. Assim, nem o usuário, nem o Google conseguem ter um entendimento correto.
  • Heading tags: é uma maneira de indicar a ordem de prioridade dos conteúdos que você apresenta no seu site. O H1 será o mais importante, seguido do H2 e assim por diante. Assim o Google lê primeiro o que mais importa;
  • Segurança: um site com certificado SSL, ou seja, um site HTTPS, aquele que possui um cadeado no canto esquerdo do navegador, é um site seguro. O Google dá alto valor para sites seguros, principalmente se for um ecommerce. Assim, dados importantes do usuário, como número do cartão de crédito serão criptografados;
  • Mobile: ter um site adequado para os dispositivos móveis deixou de ser algo a mais, é fundamental. Um site responsivo é o ideal, pois se adapta à qualquer dispositivo, garantindo uma boa experiência para o usuário;
  • Velocidade do site: sites com carregamento lento possuem altas taxas de abandono. Quando maior o tempo de permanência no seu site e menor a taxa de abandono, melhor. O ideal é que ninguém precise ficar esperando pelo carregamento do seu conteúdo.

Existem outros itens importantes da otimização on-page, mas como este é um guia para iniciantes, não vou me estender mais nesse aspecto. O importante é compreender o que é SEO e a importância de desenvolver um conteúdo de qualidade e bem estruturado. Eu sempre digo que o Google está preocupado com a experiência do usuário e, por isso, ele vai valorizar ao máximo um site que traga as melhores informações da forma mais adequada e organizada. Sanando a dúvida do usuário ou ajudando ele a resolver algum problema.


Off-page

O SEO off-page considera tudo aquilo que é importante para você ranckear bem no Google, fora do seu site. Existem alguns conceitos importantes que contribuem para a reputação do seu site. Um site seguro e com boa reputação é visto com bons olhos e possui mais chances de ganhar posicionamento.

  • Autoridade: quanto mais antigo é o seu domínio, maior tende a ser a autoridade dele. O Moz, uma ferramenta de SEO, definiu o que chamamos de DA, autoridade de domínio e PA, autoridade de página. É importante acompanhar o seu DA e PA e também o do seu concorrente. Assim você consegue medir caso tenha alguma perda, para fazer os ajustes necessários e se ocorreu algum ganho, que indica que você está no caminho certo. É importante que o seu conteúdo esteja sempre atualizado e que possua uma quantidade relevante. Além disso, a quantidade de links vindos de outros sites, que tenham também boa reputação, também irá elevar sua autoridade;
  • Link Building: é o nome que damos para a técnica de construção de links. Toda vez que algum outro site cita o seu conteúdo e adiciona um link para o seu site, você está recebendo o que chamamos de backlink. Como comentado anteriormente, quanto maior a autoridade do site que está linkando para os eu e quanto maior a relação entre os conteúdos, melhor. O Google verá você como uma referência naquele tema e você terá mais credibilidade;
  • Redes Sociais: estar presente nas redes sociais e ser citado também é relevante. Os backlinks não precisam vir somente de outros sites. Além disso, um conteúdo muito compartilhado chega à mais pessoas, aumentando o seu tráfego e a relevância do se site.

Existem muitas outras otimizações que você deverá fazer no seu site para garantir um bom posicionamento, mas se você começar aplicando todas as técnicas citadas acima, você terá grandes chances de sucesso. Se quiser saber mais sobre SEO, conta pra gente. Podemos passar para o nível intermediário, falar de relatórios de SEO ou dar muito mais dicas para geração de conteúdo de qualidade. Comenta aí o que você prefere.

Uma dica legal é enviar o eBook de SEO para Desenvolvedores para o seu desenvolvedor e já começar a aplicar as otimizações o quanto antes.

 

Resumo
O que é SEO: um guia para iniciantes
Nome do Artigo
O que é SEO: um guia para iniciantes
Descrição
Veja um guia completo para iniciantes sobre SEO.
Autor
Nome
KingHost
Logo
Patrícia Guaragna Souza

Patrícia Guaragna Souza

Analista de Performance em KingHost
Administradora de Empresas por formação com MBA em Marketing pela FGV. Apaixonada por Marketing Online e em constante desenvolvimento.
Patrícia Guaragna Souza

Últimos posts por Patrícia Guaragna Souza (exibir todos)

Comentários

comentário(s)