🔐Checklist de Segurança: Como manter seu site e os dados de seus clientes seguros💻

Kinghost | Blog

[Tutorial] Migração do Banco de Dados MySQL

Publicado em 12/05/2015

Atualizado em 04/06/2024
tutorial de migração

O MySQL é um dos sistemas de gerenciamento de banco de dados mais utilizados. Sua popularidade se deve, entre outras coisas, ao fato de ser open source e extremamente versátil, permitindo construir aplicações simples, ou ainda, interativas e complexas. Acompanhe esse tutorial de migração do banco de dados MySQL e aprenda a migrar seu banco para os servidores da KingHost.

Para quem deseja migrar seu site para a KingHost, esse tutorial explica o processo que, por sinal, é bastante simples.

Iniciando a migração do banco de dados MySQL

O primeiro passo para seguir este tutorial é exportar o seu banco de dados do seu antigo servidor. Feito isto, acesse o painel de controle da KingHost e na parte inferior da página clique no ícone “Gerenciar bancos MySQL”.

Crie a base de dados MySQL através do formulário, insira uma senha de sua preferência para a nova base de dados, caso deseje identificar melhor a base de dados criada você pode utilizar o campo observação (OBS).

Conforme imagem acima, insira os dados e clique no botão “criar banco de dados”.
O nome das bases de dados será sempre de acordo com o nome do domínio. Exemplo: dominio, dominio1, dominio2.

Após a criação da base de dados MySQL, será necessário importar o backup da sua base de dados que foi gerado no servidor antigo. Na sessão “Gerenciar bancosMySQL”, na parte inferior você encontra o formulário para a importação do backup da sua base para o servidor da KingHost:

Para importação, siga os passos abaixo:

  • selecione a base destino;
  • clique em “Selecionar arquivo”, localize em seu computador o backup da base de dados que foi gerado no servidor antigo;
  • selecione o charset que pode ser UTF 8 ou LATIM 1;
  • caso tenha registros no banco de dados e queira remover/substituir, selecione a opção “Remover tabelas existentes”, caso deseje manter os registros já existentes, deixe esta opção desmarcada;
  • em seguida clique no botão “enviar banco de dados”,
  • será efetuado o processo de importação e aparecerá a mensagem “base importada com sucesso!”.

Observação: o backup gerado de outro servidor, pode ser adicionado alguns comandos no arquivo .sql que podem gerar conflitos na importação. Segue alguns exemplos:

  • não pode haver “create Database” (a base já está criada, portanto remova esta linha de comando do arquivo .sql);
  • não pode haver “create User” (o usuário é padrão e já está criado, conforme o nome da base de dados);
  • o banco pode estar em outro formato para importação;

Estas são as principais causas de erros na importação, lembrando que o nome do usuário é o mesmo nome da base de dados.

Acesse nossa Wiki para encontrar tutoriais de migração dos bancos Firebird,  PostgreSQL e SQL Server.

O que você achou deste conteúdo?

O que você achou deste conteúdo?

Leonéia

Leonéia Evangelista

é bacharel em Comunicação Digital pela Unisinos e mestre em Bibliotecas Digitais pelo programa Digital Library Learning (Erasmus Mundus). Trabalha com web há mais de 8 anos e atualmente cursa MBA em Marketing Estratégico.

Leonéia

Leonéia Evangelista

é bacharel em Comunicação Digital pela Unisinos e mestre em Bibliotecas Digitais pelo programa Digital Library Learning (Erasmus Mundus). Trabalha com web há mais de 8 anos e atualmente cursa MBA em Marketing Estratégico.

Compartilhe esse conteúdo com alguém que possa gostar também

Receba todo mês conteúdos
incríveis como esses para
seguir evoluindo

Conteúdos relacionados

Criar um e-mail de cobrança é uma estratégia necessária quando se lida com inadimplência. Para ouvir o conteúdo completo, é só dar play logo abaixo! Nesses momentos, a empresa deve ter cuidado para evitar cobranças indelicadas, que possam constranger o consumidor. Ao mesmo tempo, precisa convencer a pessoa a resolver logo o impasse. Por isso,...

📅 Aulão GRATUITO 🚀 Como VENDER MAIS na internet 💰

Mensagens para você