Cuidado com os e-mails em excesso!


Fonte: Folha de São Paulo, Ecommerce News, Email Charter

Dados da pesquisa desenvolvida pela BlueHornet e Flagship Research afirmam que o envio de e-mails em excesso é um fator extremamente negativo para os varejistas, sendo, inclusive, o principal motivo que leva os consumidores a cancelar o recebimento.

Segundo o estudo, em 2012, os fatores – grau de importância e frequência –dividiram quase que igualitariamente o posto dos principais motivos dos descadastramentos, com 31,4% e 30,4% respectivamente.

No entanto, neste ano a frequência assumiu a liderança, reflexo do aumento do volume de e-mails, já que, segundo um estudo realizado recentemente, para quatro, em cada dez consumidores, mais da metade das mensagens recebidas vêm das empresas.

O estudo mostra ainda que entre as principais razões para se cadastrar em mailings de varejistas, o recebimento de descontos foi, em disparado, o motivo mais citado pelos participantes, (83,5%), seguido pela lealdade à marca (7%), obtenção de atualizações de produtos e serviços (6,4%) e a participação nas pesquisas de produtos (3,1%).

Respeite o tempo do destinatário do e-mail
Como remetente, é sua a função de minimizar o tempo que o seu destinatário levará para responder ao e-mail

Concisão e lentidão
Compreenda quando um e-mail demora para chegar e não dá respostas detalhadas. Ninguém quer soar grosseiro, então não leve para o pessoal

Confira as dicas a seguir e trabalhe no seu processo de comunicação com o cliente:

Clareza
Escreva o assunto do e-mail de maneira clara e, se achar necessário, use marcações como “[importante]” ou “[baixa prioridade]”
Evite perguntas abertas
Cuidado com e-mails longos finalizados com questões como “O que você achou?”. É melhor fazer perguntas simples e fáceis de responder

Corte suas respostas sem conteúdo
Você não precisa responder a todos os e-mails. Se seu e-mail é apenas um “legal” ou “está OK”, evite enviá-lo

Diminua os rastros
Contexto é importante, mas você não precisa incluir todas as conversas anteriores no e-mail. Tente deixar só as mensagens mais relevantes -as três últimas bastam
Evite arquivos em anexo
Não use elementos gráficos, como assinaturas que aparecem como arquivos em anexo nos e-mails. Também evite enviar textos como arquivos em anexo

Seja claro quando não há necessidade de resposta
Se a mensagem que você está enviando não precisa ser respondida, seja claro. Finalize o e-mail com “não é preciso responder”

Cuidado com as cópias
Quando você adiciona uma pessoa em cópia em um e-mail, está multiplicando o tempo que a mensagem levará para ser respondida. Use a opção com cuidado
Desconecte-se
Idealmente, quanto menos tempo gastarmos com e-mail, menos e-mails receberemos. Considere dosar o tempo dedicado a eles e tire uma folga nos finais de semana

Comentários

comentário(s)

Categories

+ There are no comments

Add yours