Begin typing your search above and press return to search. Press Esc to cancel.

Taxonomia no WordPress: entenda como funciona e como usar


O termo, que vem da biologia, tem uma função bastante precisa e útil na rotina dos usuários. Entenda mais sobre Taxonomia no WordPress.

Hoje quero propor uma compreensão a respeito do que é esta mecânica muito utilizada pelo WordPress.

Talvez você já tenha lido sobre taxonomia no WordPress em algum momento, buscando sobre algum artigo que abordasse formas de utilizar o gerenciador de conteúdo. Mas se por acaso você não tem ideia do que eu estou falando, tá tudo bem também! O importante é que você está aqui, agora, e está interessado em aprender mais e entender como contribuir com  a experiência das pessoas que estão acessando o seu site.

Sem tempo? Ouça todo conteúdo na integra, aperte o play:

 

A Origem de Taxonomia

Senta que lá vem história! 😀

A origem da palavra veio de um botânico chamado Carl Von Linné, isso lá no século 18, que criou este sistema chamado de Taxonomia para facilitar no catálogo e organização das espécies de plantas.

O que talvez ele não imaginaria é que o método, anos depois, seria utilizado na organização e catálogo também de conteúdos, como hoje é realizado em sites WordPress.

Portanto, a mecânica foi adotada pelo WordPress para que se fosse possível agrupar conteúdos afins, de forma a tornar a busca uma experiência mais objetiva e rápida.

Taxonomia no WordPress na prática

Um exemplo prático que posso mostrar é o que fazemos na nossa Central de Ajuda na KingHost, como são organizados os textos por tags e categorias.

Até agora falei apenas para que serve esse sistema, vamos agora ver como utilizar. Preparados?

Let’s go!

Tags

Bom, em uma instalação nativa do WordPress, contamos com duas taxonomias: “tags” e “categoria”. Pode até parecer pouco, mas dependendo da necessidade do usuário e do seu respectivo negócio, pode ser suficiente.

Se você tem um site de conteúdo, por exemplo, e precisa organizá-los de acordo com assuntos semelhantes, as tags serão uma taxonomia essencial para os visitantes do seu site terem uma experiência prática no momento de buscar um assunto específico dentro de um grupo de conteúdos.

Por exemplo, se você tem um site sobre moda e fizer uma pesquisa sobre “tênis”, a responsável por trazer de maneira rápida todos os posts relacionados é justamente a taxonomia “tag”. É importante entender que isso ocorre porque as taxonomia, quando criadas, também geram indexes no banco de dados, tornando a pesquisa mais ágil.

As tags são formas de busca mais específicas, nas quais utilizamos termos mais precisos no intuito de retornar o melhor post relacionado ao assunto.

Categorias

Há também a utilização de categorias, nas quais é agrupada as informações que fazem parte do mesmo nicho. Se usarmos como exemplo nossa Central de Ajuda da KingHost, por exemplo temos: FTP, subcategorias, como acessar, erros e programas, etc.

Plugins para taxonomias

Caso exista a necessidade, também podemos criar outras taxonomias e, para isso, utilizamos algumas opções de plugins como por exemplo Custom Post Type UI. Depois de instalado, você perceberá no seu painel de controle do WordPress a opção CPT UI. É um dos plugins mais indicados para e recebe atualizações constantes.

Outra opção recomendada é o Simple Taxonomy, que cumpre bem a tarefa de criar taxonomias no WordPress.

Outra maneira de inserir é através da programação do próprio tema. Sim, é necessário inserir no tema,  já que todos eles possuem uma estrutura semelhante para se adaptar ao núcleo do WordPress, então se observar os arquivos do tema verá sempre um taxonomy.php. Porém esta parte não abordarei, pois é um mar de informações e é necessário um cuidado extra ao editar arquivos do sistema diretamente.

Importante!

Vale lembrar a importância do cuidado ao criar uma nova taxonomia no wordpress, para não deixá-la “solta” sem ter real necessidade de terem sido criada. Isso porque, reforçando, o sistema cria indexes no banco que se, criadas em vão, pode tornar a consulta ao banco um processo mais demorado, tornando o carregamento da página lento e prejudicando, além da experiência do usuário, o ranqueamento da página no Google.

Taxonomia no WordPres: criar ou não criar?

Nesta altura do campeonato você já deve estar se perguntando: crio ou não crio uma taxonomia?

hilarious batman GIF

Para se chegar à conclusão deste questionamento é necessário entender qual tipo de conteúdo está sendo oferecido aos seus visitantes do site.

Você tem um site ou blog sobre filmes? Livros? Receitas? Roupas?

Vamos pensar que você tem um site com reviews de filmes, no qual comercializa DVD’s antigos e raros. Nesta situação, na qual temos um mar de segmentações como “títulos”, “diretores”, “atores”, “temas”, etc, pôde ser aberta ainda, para fins de interação entre aqueles que assistiram a um determinado filme, uma seção de comentários.

Ok, vamos imaginar que a nova seção de comentários do site começou a ter um grande aumento de críticas dos leitores, na qual os visitantes do site passaram a usar aquele espaço para debater e opinar a respeito das obras. Ao percebermos o aumento intenso de conteúdo na nova seção do site, criamos à ela uma nova taxonomia, na qual podemos relacionar as críticas dos filmes de forma que facilite a busca pelos leitores e usuários do site.

Ficou claro para você?

A taxonomia no WordPress pode ser uma boa medida para melhorar a experiência dos usuários do seu site. Entender o que elas buscam é essencial, assim como organizar o conteúdo internamente de forma a oferecer e entregar o que eles precisam e procuram.

Agora que tá por dentro do assunto, que tal dar o próximo passo e aprender ainda mais sobre o universo do WordPress? Separei o eBook abaixo que penso ser ideal para quem quer criar e manter um blog ou site em WordPress. Basta preencher o formulário e acessá-lo na íntegra.

eBook – Como criar e manter um blog com o WordPress

Aprenda neste eBook como tirar seu primeiro projeto de site ou blog do papel utilizando o WordPress
Preencha o formulário e receba o material no seu e-mail.



Ficou com alguma dúvida sobre taxonomia no WordPress e formas de categorizar conteúdo? Deixe nos comentários que prometo ficar atento e responder para você.

Caso queira saber mais sobre como entregar conteúdos de qualidade para otimizar a experiência do visitante do seu site, confira os conteúdos abaixo:

Continue acompanhando nossas novidades aqui no LAB, o Blog da KingHost.

Iago Pereira

Analista de Operações em KingHost
Gaúcho, recentemente interessado em Data Science e UX e ama os felinos.
Iago Pereira

Últimos posts por Iago Pereira (exibir todos)

Resumo
Taxonomia no WordPress: entenda como funciona e como usar
Nome do Artigo
Taxonomia no WordPress: entenda como funciona e como usar
Descrição
Entenda o que é e como é usada a taxonomia no WordPress, uma técnica popularizada que ajuda na organização e no catálogo de conteúdos.
Autor
Nome
KingHost
Logo

Comentários

comentário(s)