Site mobile: saiba agora como criar e dicas para ter boa performance


Atualmente, estar no ambiente digital é uma necessidade para toda empresa que deseja ter sucesso. Mas você sabe da importância de ter um bom site mobile?

Aliás, quantas vezes você procurou algum produto no seu smartphone e desistiu ao se deparar com páginas que não estavam otimizadas? 

Infelizmente, isso é bastante comum, pois muitas pessoas montam uma loja virtual sem se preocupar com a experiência do usuário no website.

Desse modo, a KingHost preparou um texto especial para você criar o seu site mobile e ainda vai dar algumas dicas para melhorar a performance de suas páginas.

Confira a seguir e tenha uma ótima leitura!

Site mobile: como criar uma página responsiva?

Ao pensar no desenvolvimento de um site mobile, é muito importante considerar o comportamento do usuário em um contexto tecnológico com múltiplas telas.

Assim, para resolver o problema de compatibilidade com a resolução de diferentes telas, como tablets, smartphones e computadores, viu-se a necessidade de implementar um design responsivo nas páginas.

O design responsivo consiste em um método de estruturação CSS e HTML, no qual o site se adapta ao browser do visitante. Assim, cria-se um layout cuja aparência se adequa à resolução e ao tamanho da tela.

O CSS atua na modificação do processamento da página no aparelho, enquanto o servidor utiliza o mesmo código HTML para todos os tipos de dispositivos.

Portanto, trata-se de um conjunto de ferramentas avançadas que estabelecem de que forma o layout será apresentado para o visitante do site mobile.

A seguir, vamos falar de outros elementos fundamentais que você deve considerar na hora de pensar no desenvolvimento de um site mobile. Confira!

Escolha a linguagem de programação adequada

Há diferentes linguagens que se utilizam na construção de sites e aplicativos. Assim, você precisa selecionar aquele que melhor se adequa aos seus objetivos.

A seguir, listamos algumas delas:

  • HTML: uma linguagem de marcação usada na construção de sites para web;
  • Java: uma das mais conhecidas, apresenta a vantagem de ser bastante versátil, visto que é possível adaptá-la para a maioria das plataformas apenas com o uso de um plugin;
  • Javascript: precisa de um browser para operar, sendo bastante utilizada na programação de scripts de navegadores;
  • Python: uma linguagem simples e fácil de usar, você pode utilizá-la para programar aplicativos para mobile, desktop e web;
  • CSS: como falamos anteriormente, associa-se o uso de CSS com o HTML. O código CSS apresenta aspectos para estilização dos sites, focando em detalhes de imagens, cores, layout e fontes;
  • PHP: por fim, o PHP possibilita um conteúdo mais dinâmico e complexo de sites.

Grids fluídos

O grid nada mais é que o conjunto de colunas, margens e linhas guias que possibilitam o alinhamento, o posicionamento e a proporção de todos os elementos no plano de exibição.

Assim, ele é a estrutura do layout. Em um design responsivo, é melhor utilizar um grid fluido, que consiste em um método de codificação do layout onde há proporções relativas entre os componentes da página.

Em um site mobile responsivo, os grids fluídos possibilitam que o conteúdo se ajuste a todos os dispositivos, já que consideram a porcentagem e o tamanho relativo de cada elemento.

Imagens flexíveis 

De igual modo, as imagens e os vídeos também devem apresentar a mesma flexibilidade que os grids. 

Assim, o CSS3 (a nova versão do CSS) deve definir a largura da imagem da mídia a fim de que o navegador a adeque de acordo com a tela do dispositivo.

Contudo, como as imagens se baseiam em pixels, é importante ter cuidado para que não haja problemas com um layout pixelizado ou imagens que demoram muito tempo para carregar na página.

Site mobile: confira 7 dicas para desenvolvimento

De acordo com dados da Folha de S. Paulo, 87,7 milhões de brasileiros compraram pela internet em 2021. 

Ainda segundo a pesquisa, o número de pessoas que adquire produtos online só tende a crescer, especialmente na faixa etária acima de 50 anos.

Portanto, ter um site mobile deve ser uma realidade de empresas que desejam sobreviver no mercado competitivo. Para isso, investir no desenvolvimento desse modelo de website é crucial.

Assim, buscamos informações para auxiliar você a otimizar o desenvolvimento, que podem garantir uma melhor performance aos projetos mobile e, por consequência, melhorar a experiência dos usuários ao utilizá-los.

Aliás, se você não sabe qual a experiência que o seu site ou aplicativo oferece aos usuários, conheça ferramentas gratuitas para testar a versão mobile do seu ambiente.

1- Em primeiro lugar, carregue a visualização da página

Assim que acessam o site, usuários ficam mais pacientes ao reconhecerem a página que estão navegando. 

Então, sempre mostre o view da página antes de carregar os dados do servidor. Alguns aplicativos, como Netflix e Hulu, são famosos por mostrarem esse comportamento.

2- Rolagem infinita ou paginação no desenvolvimento mobile

Em dispositivos móveis, a rolagem é mais envolvente e natural do que a paginação.

Todavia, se a paginação se adapta melhor ao seu conteúdo, certifique-se de que os leitores podem usar o swipe – recurso de deslizar com um toque – para acessar a próxima página em vez de ter que clicar em um pequeno link

De todo modo, para aplicativos que mostram listas de dados, carregue de 10 a 20 registros por página ou seção, adicionando limites para cada consulta. 

Nunca envie todos os dados de uma só vez, assim você otimiza o tempo de carregamento da página.

3- Sempre que possível, use o cache

Sempre que possível utilize cache, evitando fazer requests ao servidor. Dados estáticos, por sua vez, podem ser guardados no local storage

Alguns aplicativos que utilizam essa função são o Facebook e o Twitter. Uma vez que o usuário faz uma consulta de dados, o resultado fica guardado no cache e o usuário pode consultar novamente sem realizar nova request ao servidor.

4- CSS3 + hardware accelerate

Em animações, a aceleração de hardware que temos por default nos navegadores é o suficiente para a maioria dos casos de uso, exceto os mais complexos. 

Caso você precise suportar navegadores mais antigos, troque as transições em CSS3 pelo uso combinado de CSS3 + hardware accelerate. Desse modo, o seu código ficará mais rápido.

Para não precisar utilizar o acelerador de hardware direto no código, você pode usar o plugin Page Slider. 

No entanto, vale lembrar que se sua animação está pesando no carregamento da página, revise o código para garantir que não haja loops desnecessários ou memory leaks (JS).

5- Mantenha seu aplicativo simples e flat

Mesmo sendo utilizados via CSS3, elementos de estilo como gradiente, bordas arredondadas e outros podem piorar a performance do seu aplicativo quando em excesso.

Para verificar se este é o caso, comente o código onde foram declarados os estilos e verifique se há melhora no carregamento.

6- Reduza o tempo de renderização

Browser reflow se refere ao processo do navegador web que recalcula as posições e elementos gráficos da sua página, com a finalidade de “re-renderizar” uma parte ou a totalidade do documento. 

Esse processo custa caro em termos de performance, especialmente para o desenvolvimento mobile. Neste artigo, você encontra diversas informações sobre como minimizar o uso do browser reflow no seu projeto.

7- Tenha uma build otimizada

A organização dos arquivos e pastas farão uma grande diferença no tempo de carregamento do projeto. 

Assim, evite arquivos múltiplos, reunindo tudo em apenas um arquivo JS, um HTML e um CSS e utilize hierarquia para organizar as pastas do seu projeto.

Estas são apenas algumas dicas para melhorar a performance do seu projeto mobile e exigem conhecimentos específicos sobre programação.

Para aprofundar os seus conhecimentos, acesse o projeto Como perder peso (no browser) – o guia definitivo de performance front end. 

Neste material, você confere dicas valiosas dos melhores programadores do Brasil e do mundo, com diversas fórmulas de otimização web. 

Conheça a KingHost e todas as suas soluções! 

Como pode ver, algumas dicas para desenvolver o seu site mobile passam por conhecimentos de programação. Contudo, a KingHost facilita o processo para quem é leigo no assunto.

Afinal, somos uma empresa que trabalha há 16 anos oferecendo soluções digitais com servidores 100% brasileiros e atendimento técnico personalizado 24 horas em todos os dias da semana.

Assim, simplificamos a tecnologia para quem não tem conhecimento técnico, mas deseja colocar o seu website no ar de forma prática e segura.

Portanto, conheça o nosso Criador de Sites e veja como a KingHost pode te ajudar a melhorar o posicionamento de sua marca no ambiente digital.

Também fique ligado no Blog da KingHost para mais novidades e notícias.

Redação KingHost
Resumo
Descrição
Mobile first é uma necessidade: conheça 7 dicas para ajudá-lo a otimizar o desenvolvimento mobile, sejam aplicativos nativos ou híbridos.

Comentários

comentário(s)