Como usar o Google Tag Manager: tire todas as suas dúvidas sobre a ferramenta


Entender como usar o Google Tag Manager é essencial para quem está buscando por uma ferramenta que facilitará o acompanhamento das suas campanhas de marketing digital.

Além disso, essa é uma plataforma que permite que você monitore as atividades do público que visita o seu site de maneira geral. Tudo isso sem que você precise de conhecimentos técnicos sobre programação.

Por isso, elaboramos este conteúdo com um passo a passo de como adicionar tags no Google Tag Manager para que você amplie os resultados das suas estratégias.

Boa leitura!

O que é o Google Tag Manager?

O Google Tag Manager (GTM) é uma ferramenta desenvolvida para facilitar o acompanhamento de dados de um site por meio da automatização da inserção de tags.

Tags são scripts que você adiciona ao código do seu site para monitorar algum tipo de atividade dos visitantes. Geralmente, elas estão relacionadas a estratégias de marketing digital que têm o objetivo de otimizar conversões.

Sendo assim, algumas das tags mais famosas são:

  • Pixel de acompanhamento de conversão do Google Ads;
  • Pixel de remarketing do Google Ads;
  • Código de acompanhamento do Google Analytics;
  • Pixel de acompanhamento de conversão do Facebook Ads;
  • Pixel de remarketing do Facebook Ads.

Passo a passo de como usar o Google Tag Manager

Muitas pessoas que ainda não sabem como usar o Google Tag Manager imaginam que a instalação dessa ferramenta é complicada. Contudo, seguindo o passo a passo a seguir, você não terá problemas para começar a utilizá-lo.

1. Inscreva-se na plataforma

O primeiro passo é acessar o site da plataforma e fazer login com a mesma conta que você usa para acessar o Google Analytics.

Então, o Google solicitará a criação de uma conta no GTM (Google Tag Manager). Você deve preencher os campos com os dados da sua empresa.

2. Crie um contêiner

O contêiner é o local onde serão configurados e hospedados todos os demais códigos do seu Tag Manager. Ou seja, ele guardará todas as regras e tags que você utilizar no seu site.

Portanto, se a sua estratégia envolve o monitoramento de mais de um site, é essencial criar mais de um contêiner. Isso porque cada contêiner acompanha apenas um site.

Então, identifique cada contêiner com um nome ou com o próprio domínio e selecione a opção “Web”, que é onde ele será utilizado.

3. Instale o contêiner

Assim que você ler e aceitar os termos de serviço da plataforma, você vai se deparar com o código que deverá ser instalado em todas as páginas que desejar acompanhar. 

Dessa forma, copie e cole o código <script> entre as tags <head> do HTML de saída da sua página da Web e o código <noscript> imediatamente após a tag <body> do seu HTML de saída.

Em caso de dúvidas sobre como realizar esse procedimento, o código acompanha algumas instruções fornecidas pelo próprio Google.

Pronto, agora você já instalou o contêiner no seu site e poderá seguir para a adição das tags.

4. Como inserir uma tag no Google Tag Manager

Depois de instalar um contêiner no seu site, você deverá adicionar as tags. Para isso, siga os seguintes passos:

  1. Clique em “Tags” na área de trabalho;
  2. Selecione a opção “Nova”;
  3. Escolha o tipo de tag que você deseja gerenciar, podendo ser de produtos do Google ou de terceiros;
  4. Configure os acionadores para determinar quais são as condições para que essa tag seja disparada ou bloqueada;
  5. Adicione uma observação à configuração, se quiser, para facilitar acompanhamentos futuros;
  6. Clique em “Salvar” e repita o processo para criar outras tags.

5. Verifique se as suas tags estão funcionando

Depois de adicionar as suas tags, é recomendado que você realize um teste para verificar se estão funcionando corretamente. Veja como fazer:

  1. Clique em “Visualizar”;
  2. Insira a URL do site em que você instalou o contêiner;
  3. Se houver erros, clique no nome da tag e altere as configurações;
  4. Salve a tag alterada e clique novamente em “Visualizar”;
  5. Repita o processo até resolver todos os problemas.

6. Publique as tags

O último passo é publicar as tags que estão funcionando seguindo o tutorial abaixo:

  1. Clique em “Enviar”, no canto superior direito da tela;
  2. Selecione a opção “Publicar e criar versão”;
  3. Confira se as configurações aparecem como esperado;
  4. Complete os campos “Nome da versão” e “Descrição da versão”;
  5. Clique em “Publicar”.

Qual a importância de saber como utilizar o Google Tag Manager?

Uma das etapas mais importantes na elaboração de estratégias de marketing eficientes é o acompanhamento de métricas e rastreamento das atividades de quem visita o seu site.

Contudo, por muito tempo, essas ações estiveram ligadas a conhecimentos específicos de TI, devido à necessidade de se realizar diversas alterações nos códigos das páginas. 

Portanto, saber como usar o Google Tag Manager é uma forma de proporcionar mais autonomia aos profissionais de marketing. Isso porque a ferramenta torna possível a instalação de pixels e scripts em sites sem depender de tickets de suporte.

Também é importante ressaltar que o GTM permite que você acompanhe dados das suas campanhas no Google e nas Redes Sociais, como Facebook e Instagram em tempo real.

Além disso, torna-se mais fácil realizar testes A/B, já que não será preciso configurá-los manualmente, assim como acompanhar relatórios gerados pela ferramenta para constantes aprimoramentos nas estratégias.

Agora ficou mais fácil monitorar seu site!

Como você viu, entender como usar o Google Tag Manager não é tão complicado quanto parece. Na verdade, a instalação e acompanhamento das métricas são ações descomplicadas e que contribuem muito para a elaboração de planejamentos estratégicos.

Contudo, mesmo os melhores planos de marketing não são totalmente eficazes sem uma hospedagem de site eficiente, como a da KingHost. 

Afinal, trata-se de um serviço que possibilita que um site fique disponível 24 horas por dia para que qualquer pessoa possa acessá-lo.

Por isso, nós garantimos segurança total ao seu site, além de um funcionamento com respostas imediatas, muita agilidade e estabilidade máxima.

E se você quiser acompanhar ainda mais conteúdos para aumentar a performance digital do seu negócio, continue no Blog da KingHost!

Redação KingHost

Comentários

comentário(s)