🚀 Conexão kInghost: Aulas online e gratuitas para fazer o seu negócio evoluir no digital 💰

Kinghost | Blog

Como montar servidor VPS? Entenda agora o que é necessário

Publicado em 30/03/2023

Atualizado em 03/06/2024
Capa com pessoa utilizando computador. Imagem ilustrativa para texto como montar servidor vps.

Para saber como montar servidor VPS, é importante saber que a sigla significa Virtual Private Server, um tipo de servidor virtual privado que oferece desempenho superior aos serviços tradicionais de hospedagem.

Para ouvir o conteúdo completo, é só apertar o play!

Ao contrário dos servidores compartilhados, em que vários usuários compartilham o mesmo servidor, um VPS é virtualizado em uma máquina física dedicada.

Então, os servidores são essenciais para armazenar dados e aplicativos, permitindo que vários computadores acessem e compartilhem informações de forma prática.

Eles também são responsáveis por hospedagem de site e garantir que eles funcionem de forma eficiente e confiável.

Sendo assim, com um VPS, você pode hospedar seu site ou aplicação exclusivamente em uma máquina virtual privada, garantindo um desempenho superior e mais confiável.

Portanto, continue a leitura e veja um passo a passo para montar o seu próprio servidor VPS. E se você achar que esse processo exige um conhecimento técnico avançado, ao final, você confere uma maneira muito mais fácil de aproveitar todos os benefícios!

Afinal, como funciona um servidor VPS?

Um servidor VPS é uma opção de hospedagem que permite o uso de recursos exclusivos e isolados para cada usuário. É como se fosse um edifício com várias salas independentes, em que cada sala é um servidor virtual privado.

Portanto, cada servidor virtual privado funciona de maneira isolada e independente, permitindo que você acesse somente seus próprios recursos, como memória RAM, armazenamento e processador, sem compartilhar com outros usuários.

Isso garante um desempenho robusto e confiável para sua aplicação.

No vídeo abaixo, a Laura explora o mundo da VPS e responde à diversas perguntas. Descubra como atualizar aplicativos, configurar servidores de e-mail, hospedar servidores de jogos e muito mais em uma VPS.

Como montar um servidor VPS?

Agora que você já sabe o que é um servidor VPS e as principais vantagens de contar com um serviço como esse, saiba como montar um para você!

Escolher sistema operacional

Hospedagens baseadas em software de código aberto, como LAMP (Linux, Apache, MySQL, PHP) ou LEMP (Linux, Nginx, MySQL, PHP), são altamente recomendadas devido à sua compatibilidade com os gerenciadores de conteúdo mais populares do mercado.

Isso porque, esses gerenciadores têm fama de serem seguros e completos. Neste caso, utilizaremos o LAMP como exemplo, portanto, não abordaremos outros bancos de dados como PostgreSQL, MariaDB.

Para gerenciar o servidor, recomendamos a utilização do Virtualmin, uma solução repleta de recursos e extremamente acessível para configurar e gerenciar vários servidores simultaneamente.

Com o Virtualmin, você pode fazer alterações manuais nos arquivos de configuração sem o risco de serem sobrescritos. E para gerenciar o conteúdo de sites individuais, recomendamos o uso de CMS bem conhecidos, como WordPress, Drupal ou Joomla.

Fazer instalação

Para uma instalação limpa e recomendada do servidor, a indicação é o Ubuntu Server 20.04.1 LTS.

Então, durante a instalação, evite instalar qualquer servidor web ou banco de dados, pois isso será feito posteriormente através do Virtualmin. Caso tenha dúvidas durante o processo de instalação, recomendamos seguir as seguintes sugestões:

  • Keyboard layout, language and country: defina opções adequadas para o seu servidor;;
  • Network connection: mantenha o DHCP sem proxy. Se estiver criando uma máquina virtual com o VirtualBox, marque a opção “Bridged”. Assim, seu servidor terá um IP local na rede;
  • Archive mirror: utilize o padrão;
  • Guided storage configuration: aceite o padrão, que geralmente utiliza todo o disco;
  • Profile setup: selecione um nome de usuário simples, uma senha e um hostname para o servidor;
  • Evite utilizar “root” como seu nome de usuário;
  • Install OpenSSH server: Sim;
  • Featured server snaps: não é necessário instalar nenhum snap, pois o Virtualmin instalará o LAMP e outros arquivos necessários automaticamente.

Colocar patches de segurança

Para garantir a segurança do seu servidor, é importante manter o sistema operacional atualizado com as últimas correções e patches de segurança disponíveis. Para isso, você pode executar os seguintes comandos:

  • sudo apt update
  • sudo apt upgrade

É importante mencionar que você deve executar esses comandos regularmente para garantir que seu servidor esteja sempre atualizado e seguro.

Além disso, recomenda-se utilizar o usuário com privilégios de sudo para realizar essas ações, em vez de usar o usuário root, para minimizar os riscos de segurança.

Certifique-se de inserir a senha correta do usuário com privilégios de sudo quando solicitado.

Verificar timezone

Antes de prosseguir com as configurações, é importante verificar se o fuso horário do servidor está correto.

Portanto, deve-se ajustar o fuso horário para o local onde o servidor está localizado, para que haja o registro correto das informações de data e hora nos logs.

Então, para verificar a configuração atual do fuso horário e as opções disponíveis, utilize os seguintes comandos:

  • timedatectl
  • timedatectl list-timezones

Caso seja necessário alterar o fuso horário para, por exemplo, São Paulo, utilize o comando abaixo:

  • sudo timedatectl set-timezone America/Sao_Paulo

Também é importante verificar o locale configurado no servidor, que define o formato de datas e outras configurações regionais. Para verificar o locale atualmente configurado, utilize o comando:

  • locale

Caso seja necessário ajustar o locale, utilize o comando abaixo e siga as instruções apresentadas na tela:

  • sudo dpkg-reconfigure locales

Para aplicar as configurações de fuso horário e locale, reinicie o servidor utilizando o seguinte comando:

  • sudo shutdown -r now

Instale um painel de controle

Para terminar o processo de montar um servidor VPS, a instalação do Virtualmin é fácil e rápida, e pode ser feita com apenas dois comandos. 

Primeiramente, acesse o site do Virtualmin e baixe o instalador. Em seguida, execute o comando de instalação.

Durante a instalação, você será solicitado a fornecer um “fully qualified name”, que é um subdomínio de um domínio que você possua, embora isso não seja obrigatório.

Para acessar o Virtualmin, use a porta 10000 e https para garantir a segurança da navegação. Utilize o mesmo usuário e senha que você configurou durante a instalação do servidor Ubuntu.

Após a instalação, você será direcionado para o assistente de pós-instalação “Post-Installation Wizard”, que irá configurar seu servidor LAMP, além de outras opções necessárias.

Durante o assistente de configuração, você pode considerar algumas sugestões:

  • Se você possuir apenas um VPS, é recomendável utilizar um servidor DNS gratuito como o Cloudflare em vez de configurar o BIND DNS;
  • O Webalizer e o Awstats podem utilizar muitos recursos, então desabilitá-los é uma boa opção. Em alternativa, você pode usar o Matomo ou o Google Analytics quando necessário;
  • O MySQL ou o MariaDB são bancos de dados mais utilizados e suportados, em vez do PostgreSQL;
  • Para transferências de arquivos seguras, como SCP ou SFTP, é preferível usar o SSH em vez do FTP;
  • O DAV login é considerado lento e inseguro comparado com o SSH.

Por que é necessário configurar o VPS?

Ao contratar um plano básico de hospedagem, o provedor normalmente configura todos os softwares necessários. No entanto, com a hospedagem compartilhada, você não terá acesso às configurações do servidor, já que outras pessoas estão hospedadas nele.

Nesse caso, você terá acesso a um painel de controle que oferece recursos básicos para gerenciar sua conta. Se você precisa de um ambiente de servidor exclusivo, um VPS pode ser a opção ideal.

Ao optar por um VPS, é necessário instalar os softwares básicos, como o Apache ou o Nginx, e configurar o servidor de acordo com suas necessidades.

Então, você pode interagir com o servidor VPS através de uma linha de comando ou de um painel de controle gráfico, mas a linha de comando é geralmente mais eficiente em muitos casos.

Portanto, aprender a gerenciar um servidor pode ser intimidante no início, mas há muitos tutoriais disponíveis na internet para ajudá-lo a se familiarizar com a tarefa.

Além disso, aprender alguns comandos pode ser útil para quem quer aprender mais sobre gerenciamento de servidores, o que é especialmente útil em casos de site em crescimento.

Servidor VPS é na KingHost

Como você viu, contar com um servidor VPS é muito vantajoso, especialmente no que se refere a segurança, privacidade e capacidade. Contudo, este tutorial também mostra que, para montá-lo do zero, é necessário ter bastante conhecimento técnico.

Por isso, a KingHost oferece um VPS exclusivo com SSD Intel, o que garante um desempenho 10 vezes superior a qualquer HD padrão. Além disso, você conta com a baixa latência que apenas os servidores do Brasil oferecem.

banner-promo-vps

Isso porque oferecemos uma infraestrutura nacional de qualidade, com datacenters localizados no Brasil para proporcionar maior velocidade e segurança aos nossos clientes.

Ao escolher nossos planos, você não precisa se preocupar com conversão de moedas, pois nossos preços já são reais, e somos uma empresa brasileira.

Nossos datacenters possuem certificados ISAE 3402 e Intel Cloud Technology, garantindo a confiabilidade e segurança dos seus dados. Com este custo-benefício, você pode economizar sem abrir mão da qualidade dos serviços.

E para continuar acompanhando as melhores dicas para acessar a web com o máximo de segurança e comodidade, acesse o Blog da KingHost!

E se você busca conhecimento gratuito, uma excelente opção é o Conexão KingHost: uma plataforma repleta de conteúdos relevantes. São diversas aulas em formato de vídeo com foco em empreendedorismo, gestão, marketing digital, design e presença digital. Confira!

Não perca a oportunidade, são conteúdos gratuitos que irão ajudar o seu negócio a evoluir no digital! Clique no banner abaixo e saiba mais!

O que você achou deste conteúdo?

O que você achou deste conteúdo?

Redação KingHost

Redação KingHost

Somos uma empresa de soluções digitais, especialistas em simplificar o uso da tecnologia e referência em hospedagem de site.

Redação KingHost

Redação KingHost

Somos uma empresa de soluções digitais, especialistas em simplificar o uso da tecnologia e referência em hospedagem de site.

Compartilhe esse conteúdo com alguém que possa gostar também

Receba todo mês conteúdos
incríveis como esses para
seguir evoluindo

Conteúdos relacionados

Criar um e-mail de cobrança é uma estratégia necessária quando se lida com inadimplência. Nesses momentos, a empresa deve ter cuidado para evitar cobranças indelicadas, que possam constranger o consumidor. Ao mesmo tempo, precisa convencer a pessoa a resolver logo o impasse. Por isso, é uma tarefa delicada. Neste artigo, vamos explicar como redigir um...
A assinatura de email pode ser uma das primeiras impressões que você transmite para outra pessoa, pois ela também é parte importante de uma mensagem online. Algo tão simples, mas que merece atenção, pois existem muitos detalhes que envolvem a criação de uma boa assinatura de email. Por isso, neste artigo, você vai entender um...
Você certamente já passou pela frustração de abrir um site que demora uma eternidade para carregar. Então, sabe como isso é irritante, não é mesmo? Se preferir ouvir o conteúdo, é só clicar no play! Com isso, sabe que a velocidade do site desempenha um papel fundamental na experiência dos usuários e no sucesso do...

📅 Aulão GRATUITO 🚀 Como VENDER MAIS na internet 💰

Mensagens para você